Torcida do Inter protesta após tropeço e atrasa coletivas: "Adeus, Zago"

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Eram poucos, mas barulhentos. Aproximadamente 15 torcedores do Internacional postaram-se à porta da sala de conferências do Beira-Rio gritando contra o técnico Antonio Carlos Zago. E por força da manifestação, as entrevistas coletivas do time gaúcho atrasaram.

A assessoria de imprensa do Inter informou que as coletiva só ocorreriam após a saída dos torcedores do local. Isso porque o barulho cresceu quando apareceu o vice de futebol Roberto Melo, o primeiro a falar.

Além de xingamentos motivados pelo empate em 1 a 1 na estreia em casa pela Série B contra o ABC-RN, os torcedores gritavam contra o técnico Antonio Carlos Zago. "Fora Zago", e "adeus, Zago" eram os brados dos vermelhos.

Não houve nenhuma atitude de vandalismo ou mesmo conflito com policiais. Apenas um protesto com palavras, pacífico.

O Internacional saiu vencendo, mas empatou com o ABC nesta noite, em casa. O resultado gerou muitas vaias após a partida.

UOL Cursos Online

Todos os cursos