Zago vê 'jogo atípico' dos atacantes e diz que Inter foi muito superior

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeferson Guareze/AGIF

    Victor Cuesta, do Internacional, disputa bola com Nando, do ABC

    Victor Cuesta, do Internacional, disputa bola com Nando, do ABC

Antonio Carlos Zago lamentou o resultado e as chances perdidas do Internacional no empate em 1 a 1 contra o ABC, em casa, neste sábado. Segundo o treinador, o Colorado pecou nas finalizações.

"Trabalhamos bastante durante a semana as finalizações. O jogo foi tão diferente. Os atacantes não estavam em uma tarde inspirada. Mas são atacantes de qualidade. É muito difícil que errem o número de chances que perdemos hoje. Eu acho que nossa equipe teve o controle do jogo. O gol que levamos, o jogador do ABC passou por três jogadores nossos. A Série B é difícil. Mas esperamos, em cima das oportunidades que criamos, eu acredito que tenha sido um jogo atípico dos nossos atacantes", disse o treinador.

O Internacional, de fato, empilhou oportunidades de gol. Errou praticamente todas, seja chutando para fora ou mesmo dando ao goleiro Edson a chance de se destacar.

"Sobre o jogo, não tem muito o que falar. A equipe foi muito superior ao ABC. Criou inúmeras chances. E volta naquela velha máxima do futebol: quem não faz, toma. Na única chance que  tiveram, fizeram o gol. Até ali, só tinham chegado em faltas e escanteio", disse. "

Depois do jogo, muitas vaias vieram dos torcedores. E ainda um protesto próximo a entada da sala de imprensa do Beira-Rio.

"A questão do torcedor, procuro não ouvir muito. Até porque eles têm o direito de dizer o que bem entendem. O Inter tem pressão desde o início do ano, porque é um grande na Série B. Quando eu cheguei aqui, davam o Grêmio como campeão gaúcho. Nem na final chegou. Foi o Inter. Independente de como chegou, foi o Inter que chegou. Acabamos perdendo, não era o que esperávamos porque tinha a expectativa pelo hepta. Na Copa do Brasil, diziam que o Inter não passaria do Corinthians. Passamos. E no jogo contra o Palmeiras, falavam que o Inter perderia por três, quatro, cinco gols. E que era muito pior que o adversário. Não é assim no futebol. E hoje se criou a expectativa que o Inter golearia. E sabemos que não é assim também", finalizou.

O Colorado soma quatro pontos na Série B e na próxima rodada terá pela frente o Paysandu, fora de casa.

UOL Cursos Online

Todos os cursos