Uma vitória em um mês: números ligam alerta, mas Inter defende rendimento

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ale Cabral/AGIF

    Internacional analisa erros para recuperar-se da oscilação no último mês

    Internacional analisa erros para recuperar-se da oscilação no último mês

Nos últimos 30 dias, o Internacional venceu apenas um jogo. Os números recentes do time de Antonio Carlos Zago preocupam qualquer torcedor. E mesmo com protesto após o empate contra o ABC-RN, no sábado, a direção banca sequência acreditando no melhor rendimento da equipe.

As estatísticas atuais estão longe do ideal. Considerando os últimos 30 dias, o Internacional teve uma vitória, quatro empates e duas derrotas. Bateu apenas o Londrina na primeira rodada da segunda divisão. Empatou com Novo Hamburgo (duas vezes), ABC e Corinthians, e perdeu para Palmeiras e Caxias. Neste período, marcou nove e sofreu oito gols.

E tal situação preocupa a torcida. Descontente, um grupo de aficionados postou-se à frente da sala de conferências do Beira-Rio após o jogo do último sábado e gritou muito contra o técnico Antonio Carlos Zago.

"O torcedor tem todo o direito de manifestar seu descontentamento. Mas é muito cedo. Temos dois jogos e quatro pontos conquistados. Não vejo motivo para isso. Precisamos é de apoio. Talvez este jogo seja para muitos entenderem que a Série B não é esta barbada que alguns dizem que será. O Antonio, e nós, pegamos um grupo que participou do rebaixamento do Inter, fizemos uma grande reformulação", amenizou o vice de futebol Roberto Melo.

E a defesa do treinador se dá com rendimento. Mesmo que eventualmente os resultados não aconteçam, o time tem agradado pelas oportunidades criadas e a evolução apresentada desde o começo da temporada.

"Há muito tempo o Inter não jogava como vem jogando. Com posse, ataque, no campo do adversário. E não é aquela posse chata, é agredindo o rival. Na minha opinião, o trabalho vem sendo muito bem feito. É o início da Série B, temos que dar segmento a isso", disse Antonio Carlos.

E mesmo com a quebra de expectativa, na avaliação do comando técnico, é possível ver o copo 'meio cheio'. "A verdade é que fizemos quatro pontos em seis disputados. Que nos coloca na média", alertou o treinador.

O Internacional se prepara para a partida do próximo sábado, diante do Paysandu, no Pará. O domingo será de folga ao elenco.

UOL Cursos Online

Todos os cursos