Hoje rival, Paysandu faz Inter relembrar jogo polêmico e destaque de ídolo

Do UOL, em Porto Alegre

  • AP

    Iarley e jogo suspeito de 2002 colocam o Paysandu na história do Internacional

    Iarley e jogo suspeito de 2002 colocam o Paysandu na história do Internacional

Paysandu e Inter no Mangueirão. O jogo deste sábado, às 16h30 (de Brasília), revive uma partida polêmica. No Campeonato Brasileiro de 2002, o Colorado venceu por 2 a 0 e evitou o rebaixamento para a Série B, adiando o trauma que ocorreria 14 anos mais tarde. Pelo contexto do jogo, levantou-se a suspeita de 'entrega' dos paraenses. 

O jogo de 15 anos atrás montava um cenário até então jamais visto no Inter. O Colorado precisava vencer o Paysandu e contar com uma combinação de dois resultados. Tudo deu certo. Em meio ao clima tenso do jogo, com atrasos de seis meses nos direitos de imagem e um grupo longe do unido, o Inter escapou.

Só que não foi o cenário heroico apenas que permaneceu. De Belém, brotaram rumores de que atletas do Paysandu haviam sido 'comprados' por empresários ligados ao Inter que moravam na região. Por isso, perderiam em troca de dinheiro. Jamais houve prova de qualquer ação neste sentido, mas a história tornou-se uma lenda repetida por rivais aos colorados. 

Mas mesmo o presidente do clube paraense na época, Arthur Tourinho, disse que desconfiou. Em entrevista concedida em 2012, revelou que duvidou do empenho de seus jogadores naquela partida. Sem provas, sem crime. O Inter escapou do rebaixamento e manteve-se longe da B até 2016, quando não teve atuação polêmica para evitar o pior.

Iarley desponta no Paysandu

Mas não é apenas o jogo polêmico de 2002 que traz o Paysandu ao cenário do Inter. Iarley, ídolo do clube e multicampeão vestindo a camisa vermelha, talvez não tivesse tamanha glória não fosse o destaque pelo Papão.

Foram as atuações em 2003 pelo Paysandu que chamaram atenção do Inter. O veloz e habilidoso atacante iria antes para o Boca Juniors, da Argentina, faria escala no Dourados, do México, e posteriormente viveria as maiores glórias do Inter de perto. Partiu dos pés dele o gol mais importante dos 108 anos de história do clube. Em 2006, ele dominou, driblou Puyol e encontrou Adriano Gabiru dentro da área do Barcelona para vencer Valdés e colocar na rede o 1 a 0 que simbolizou o título mundial.

FICHA TÉCNICA
PAYSANDU X INTERNACIONAL
Data e hora:
27/05/2017 (Sábado), às 16h30 (Brasília)
Local: estádio Mangueirão, em Belém (PA)
Transmissão na TV: RBS TV, Rede TV, Sportv e PPV
Árbitro: Renan Roberto de Souza (PB)
Auxiliares: Luiz Felipe Gonçalves Correa e Oberto da Silva Santos (ambos da Paraíba)
PAYSANDU: Emerson; Ayrton, Perema, Gilvan e Peri; Wesley, Augusto Recife, Rodrigo Andrade e Fernando Gabriel; Marcão e Welinton Junior.
Técnico: Marcelo Chamusca
INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Danilo Silva, Léo Ortiz, Victor Cuesta e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Edenílson e Gutiérrez; Roberson (Cirino), Nico López e William Pottker.
Técnico: Antonio Carlos Zago

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos