Guto minimiza pênaltis e vê bom volume no Inter: "Podia ter feito sete"

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

Guto Ferreira gostou do volume de jogo do Internacional contra o Náutico, neste sábado (10), em jogo válido pela sexta rodada da Série B. O treinador chegou a dizer que o Colorado poderia ter feito sete gols no estádio Beira-Rio e minimizou o impacto dos quatro pênaltis marcados a favor do time gaúcho.

No primeiro tempo, o Inter controlou o jogo e fez 1 a 0. Tomou empate antes do intervalo e no segundo tempo abriu vantagem de dois gols com pênaltis.

"Foi um jogo onde tivemos um volume bastante interessante no aspecto ofensivo. Defensivo a gente reconhece que tem de melhorar. No primeiro tempo ficou aquém, no segundo tempo melhoramos. Se você analisar, fizemos quatro gols e podíamos ter feito sete. Um (gol) que foi mal anulado, e isso acontece. Ainda bem que não fez falta. O que fica de mais positivo é o volume. Além dos gols, tivemos outras oportunidades. Foi um volume bastante alto", disse Guto.

No segundo tempo, mais agressivo, o Inter teve uma grande chance com bola rolando. Edenílson, dentro da área, finalizou com pouca força e perdeu oportunidade de ouro. A vitória voltou a partir de pênaltis: três em 13 minutos e mais um no final do jogo.

"Se não tivessem sido (pênalti), a gente poderia reclamar. Que bom que o juiz teve personalidade para aplicar as regras do jogo. Às vezes a interpretação serve para equilibrar a partida. Se acontecerem 10 pênaltis, tem que marcar todos. (O árbitro) Está de parabéns. 'Ah, mas é por que foi a seu favor'. Não, se fosse contra eu diria também", afirmou o treinador.

Com a vitória, o Internacional chegou a 11 pontos e entrou no G4 da Série B. Na próxima rodada, o time visita o América-MG.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos