Em 10 dias, Guto Ferreira muda esquema e começa a dar cara ao Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/SC Internacional

    Guto Ferreira orienta time do Internacional e passa a dar padrão ao time na Série B

    Guto Ferreira orienta time do Internacional e passa a dar padrão ao time na Série B

Guto Ferreira completa 10 dias de Internacional neste sábado. E, depois de dois jogos, começa a conseguir dar seu estilo ao time. Com novo sistema e posicionamentos alterados, a ideia é testar para o futuro da Série B. O rival será o Náutico, às 16h30 (de Brasília), no Beira-Rio.

Foi o treinador que determinou a não utilização do lateral direito William. O jogador não foi relacional pela terceira partida seguida. A alegação para isso é a impossibilidade de atuar futuramente. Vendido ao Wolfsburg, da Alemanha, ele viaja para Europa no começo do mês que vem.

Desta forma, Edenílson passou para a lateral. Dependendo do rendimento, poderá ser efetivado por ali. Ainda estão disponíveis Junio, Ceará e Alemão, que devem ser testados em treinamentos. Do trio, apenas o primeiro está relacionado para o duelo deste sábado. E a volta de Claudio Winck, que hoje integra o elenco Sub-23, também não está totalmente descartada.

Além disso, a mudança no posicionamento de D'Alessandro é outro ponto importante nas alterações propostas por  Guto Ferreira. Antes aberto pela direita ou até recuado num sistema de três volantes, o argentino jogava longe da zona de conclusão ou da possibilidade de colocar companheiros cara a cara com o goleiro adversário. Agora atuará centralizado, atrás apenas do atacante terminal.

A movimentação tática também foi alterada. Sob comando de Antonio Carlos Zago, o Inter começou o ano jogando com duas linhas de quatro jogadores e dois atacantes. Deu errado e a opção a seguir passou a ser três marcadores, dois meias e um atacante. O time oscilou e a formação passou a ser um losango no meio-campo com dois atacantes na frente. E por fim um tradicional 4-3-3. Em nenhum dos casos o melhor resultado foi atingido, tanto que após três rodadas de Série B a direção do Internacional preferiu trocar a comissão técnica.

Agora o Colorado atua no 4-2-3-1. A dupla de volantes é formada por Rodrigo Dourado e Fabinho, já que Felipe Gutiérrez está com a seleção do Chile que se prepara para a disputa da Copa das Confederações. William Pottker atua aberto pela direita, D'Ale no centro e Carlos pela esquerda. Nico López é o centroavante.

Corre por fora de olho em uma vaga no time Eduardo Sasha. Após não atuar no primeiro semestre devido a uma lesão, ele tem entrado em alguns jogos e disputa posto pelo lado. Roberson e Brenner, que contavam com total apreço da comissão técnica passada, perderam espaço.

Após a primeira vitória sob comando do novo treinador, Guto ainda roga para que a torcida pare de cobrar tanto o Internacional. Quer construir uma relação positiva com os aficionados e o primeiro passo para isso precisa ser um bom resultado diante do Náutico.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X NÁUTICO
Data e hora
: 10/06/2017 (Sábado), às 16h30 (Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: PPV, Globo e Sportv
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Luciano Roggenbaum (ambos do PR)
INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Edenílson, Léo Ortiz, Danilo Silva e Uendel; Rodrigo Dourado, Fabinho, William Pottker, D'Alessandro e Carlos; Nico López.
Técnico: Guto Ferreira
NÁUTICO: Tiago Cardoso (Jefferson); David, Tiago Alves, Nirley (Aislan) e Manoel; Darlan, Amaral, Rodrigo Souza e Renan Paulino; Erick e Vinícius.
Técnico: Waldemar Lemos

UOL Cursos Online

Todos os cursos