STJD marca data para julgar Vila Nova e Goiás por pancadaria em clássico

Do UOL, em São Paulo

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) anunciou nesta quinta-feira a data do julgamento de Vila Nova e Goiás pela briga entre torcedores dos dois times na partida do último dia 24, válida pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

De acordo com a entidade, os clubes – denunciados por não prevenirem e reprimirem o incidente – serão julgados na próxima terça-feira, 4 de julho. O julgamento ficará a cargo da Segunda Comissão Disciplinar.

A partida, que terminou com vitória do Vila por 2 a 0, ficou marcada pelo confronto entre torcedores dos dois times dentro do Estádio Serra Dourada, em Goiânia, após o apito final. Além disso, antes do jogo, o integrante de uma organizada esmeraldina foi morto a caminho do clássico.

De acordo com a Procuradoria do STJD, os dois times infringiram os artigos 191, inciso III (descumprimento do artigo 63 do Regulamento Geral da Competição) e 213, inciso I (deixar de prevenir e reprimir desordem) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Segundo o artigo 63 do RGC, "os clubes, sejam mandantes ou visitantes, são responsáveis por qualquer conduta imprópria do seu respectivo grupo de torcedores". O descumprimento da regra pode levar cada clube a uma punição de até R$ 100 mil – mesmo valor do descumprimento do artigo 213 do CBJD.

Os dois clubes ainda podem ser punidos com a perda de mando de campo de até dez partidas pelo incidente dentro do estádio. O Estádio Serra Dourada, por sua vez, segue impedido de receber jogos.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos