Inter pega o Boa para deixar de ter campanha de rebaixado em casa

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeferson Guareze/AGIF

    Inter venceu apenas um dos quatro jogos que fez em casa na Série B

    Inter venceu apenas um dos quatro jogos que fez em casa na Série B

Ganhar em casa é obrigação dupla para o Internacional. Neste sábado (1), o Colorado volta a atuar no estádio Beira-Rio e tem missão dobrada. Diante do Boa Esporte, na 11ª rodada da Série B, o time gaúcho busca embalar com segunda vitória seguida. Mas também precisa melhorar a campanha como mandante. Até aqui, a equipe é uma das piores no quesito.

Até aqui, o Inter venceu apenas um dos quatro jogos que fez em casa.

O Colorado é dono da 17º campanha como mandante na segunda divisão. À frente, somente, de Luverdense, Londrina e Náutico.

"Mais do que nunca, o Inter precisa vencer. O que é possível dimensionar, as estatísticas, e dá para ver que o Inter está evoluindo. Em cada quesito, o Inter está evoluindo", disse Guto Ferreira na quinta-feira, ao encerrar período de concentração em Viamão, na região metropolitana de Porto Alegre.

No Beira-Rio, o Inter empatou com ABC, Juventude e Paraná. Venceu o Náutico, por 4 a 2. E o restante da campanha, que acumula 17 pontos, é sustentada por resultados fora de casa.

A semana sem jogos, livre para treinos e programada com regime de concentração, é a grande aposta para iniciar reviravolta na campanha. Depois da demissão de Antonio Carlos Zago, Guto Ferreira entrou em uma rotina de jogos que impediu treinos e foi citada várias vezes como justificativa para desempenho irregular e resultados ruins.

"A gente não tem feito a pontuação que desejamos em casa, mas esperamos mudar isso. Com apoio da torcida, fazer um bom jogo e buscar os três pontos", comentou Klaus. "Claro que temos de focar no jogo, mas a gente quer manter um time. Não queremos ganhar só um jogo", acrescentou.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X BOA ESPORTE

Data e hora: 01/07/2017 (sábado), às 16h30 (Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PA)
Auxiliares: Márcio Freire Lopes e Tomaz Diniz de Araújo (ambos da Paraíba)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Cláudio Winck (Junio), Klaus, Victor Cuesta e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Charles (M. Cirino), Fabinho, D'Alessandro e Eduardo Sasha; Brenner
Técnico: Guto Ferreira

BOA ESPORTE: Daniel; Ruan, Léo Baiano, Júlio Santos e Paulinho; Escobar, Diones, Geandro e Felipe Mateus; Reis E Wesley
Técnico: Nedo Xavier

UOL Cursos Online

Todos os cursos