Inter vê melhora e rejeita troca de técnico: "Não vamos cometer este erro"

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

A direção do Internacional vê evolução no trabalho da comissão técnica. Segundo o vice de futebol, Roberto Melo, Guto Ferreira não sofre ameaça, mesmo com a pressão da torcida, que voltou a protestar após o empate em 1 a 1 com o Criciúma neste sábado. Para ele, trocar seria um erro.

"Nossa avaliação do dia a dia, já tivemos exemplo de mudança de treinador ano passado e sabemos qual foi o resultado. Não vamos cometer este erro. Vimos o trabalho feito em Viamão, quem esteve lá viu. O reflexo foi no jogo. Uma diferença gritante do jogo contra o Boa ou o Paraná para este jogo. Uma diferença muito grande e contra um time organizado. Temos convicção na comissão técnica e o resultado vai acontecer, a melhora está acontecendo", afirmou Melo. "O Guto é nosso treinador, continuará sendo nosso treinador", repetiu.

O Inter perdia o jogo contra o Criciúma até os 48 minutos do segundo tempo. Foi quando Klaus fez o 1 a 1, em um escanteio. A torcida, que apoiou durante os 90 minutos de bola rolando, protestou violentamente depois do jogo. Depredando o Beira-Rio e entrando em confronto com policiais e seguranças, os aficionados mostraram-se pouco contentes.

"Hoje merecíamos um resultado diferente. Ao contrário dos últimos jogos, hoje tivemos um bom desempenho, criamos inúmeras chances de gol. O adversário foi eficiente, fez seu gol no início do jogo. O time teve um poder de reação muito grande, várias chances, um gol mal anulado, mas o importante é o rendimento que tivemos hoje. O resultado não foi o que queríamos. A evolução do time foi grande. Isso nos dá confiança que as coisas vão continuar evoluindo e além do rendimento virá resultado", explicou.

Guto Ferreira tem pouco mais de um mês de Inter. Soma três vitórias, cinco empates e uma derrota no comando do clube. O Colorado soma 18 pontos na classificação e é 6º colocado na Série B.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos