Inter joga pouco, perde para o CRB e cai para o sétimo lugar na Série B

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/SC Internacional

O Internacional perdeu a terceira na Série B do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (15), em Maceió, o Colorado levou 2 a 0 do CRB. Os gols de Diego e Neto Baiano decidiram um jogo com atuação fraca do clube gaúcho. Quase sem nenhuma chance de gol, o time de Guto Ferreira cai uma posição na tabela de classificação.

A derrota fora de casa deixa o Inter com 21 pontos - o time gaúcho caiu para sexto, mas perdeu mais uma posição após a vitória do Ceará sobre o Juventude e fechou o sábado em sétimo. Dois pontos atrás do último integrante do G-4. O CRB chega aos 23 pontos e cola entra na zona de acesso.

Na próxima rodada, o Internacional recebe o Luverdense no Beira-Rio. Já o CRB visita o Juventude. Ambos os jogos na terça-feira (18).

Quem foi bem: Chico, do CRB

O camisa 10 do time de Maceió comandou o ataque da casa com bons passes e ótima ocupação de espaço. Na etapa final chegou a desarmar D'Alessandro, em lance emblemático do jogo, e iniciar um dos contra-ataques perigosos na reta final do duelo.

Quem foi mal: Cláudio Winck, do Inter

Lateral direito foi um dos que falharam no lance do gol de Diego. Com problemas defensivos, o camisa 29 levou amarelo e o primeiro a ser substituído. A jornada ruim do Inter também merece menção a Felipe Gutiérrez, D'Alessandro e Nico López.

Zé Carlos encara meio time do Inter

O centroavante do CRB encarou Danilo Fernandes, provocou D'Alessandro e empurrou William Pottker. Além de fazer o pivô, Zé Carlos incomodou o Internacional com suas ações em lances sem a bola. Mais de uma vez, com o jogo parado, foi cercado por jogadores do Colorado. No segundo tempo, quando foi substituído, voltou a se desentender com atletas do clube gaúcho e empurrou D'Alessandro. O ato rendeu cartão amarelo.

Inter cria pouco e falha atrás

O Inter teve grande dificuldade para criar chances no primeiro tempo. A produção ofensiva foi baseada em lançamentos longos e cruzamentos. O resultado: apenas duas chances para marcar e nada de efetividade.

Na defesa, a etapa inicial foi quase perfeita. Quase. Na jogada de maior perigo, Klaus, Edenílson e Cláudio Winck falharam. Diego marcou para o CRB, que não havia criado quase nada até então.

No segundo tempo o Inter melhorou, mas por pouco tempo. Logo no começo da etapa final, o time gaúcho se apresentou mais agudo. Tentando chegar ao gol do CRB de maneiras diferentes.

Só que a atuação definhou à medida que o tempo corria. Mais exposto, o Colorado viu Edson Ratinho acertar a sua trave e acabou sendo vazado antes do apito final. Aos 44, a zaga falhou em escanteio e Neto Baiano ampliou, definindo a vitória para a equipe alagoana.

FICHA TÉCNICA
CRB 2 X 0 INTERNACIONAL

Data e hora: 15/07/2017 (sábado), às 16h30 (Brasília)
Local: estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (SC)
Auxiliares: Carlos Berckembrock e Johnny Barros de Oliveira (ambos de SC)
Cartões amarelos: Zé Carlos (CRB), Klaus, Victor Cuesta (INT)
Gols: Diego, aos 44 minutos do primeiro tempo (CRB); Neto Baiano, aos 44 minutos do segundo tempo (CRB)

CRB: Edson Kolln; Adriano, Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Yuri, Danilo Pires (Toni), Edson Ratinho e Chico; Erick Salles (Rodrigo Souza) e Zé Carlos (Neto Baiano)
Técnico: Dado Cavalcanti

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Claudio Winck (Carlos), Victor Cuesta, Klaus e Uendel; Charles, Edenílson, Felipe Gutiérrez e D'Alessandro (Juan); Nico López (Marcelo Cirino) e William Pottker
Técnico: Guto Ferreira
 

UOL Cursos Online

Todos os cursos