Brasil de Pelotas demite Rogério Zimmermann após cinco anos

Do UOL, em Porto Alegre

  • Carlos Insaurriaga/Divulgação Brasil-PEL

    Rogério Zimmermann assumiu o comando do Xavante em maio de 2012

    Rogério Zimmermann assumiu o comando do Xavante em maio de 2012

Depois de cinco anos, Rogério Zimmermann não é mais técnico do Brasil de Pelotas. Nesta quinta-feira (20) o clube gaúcho informou oficialmente a demissão do treinador. A campanha ruim na Série B pesou, mas a gota d'água foi a derrota de 4 a 1 para o Paraná, na terça.

Zimmermann estava no cargo desde maio de 2012, sendo um dos técnicos mais longevos do futebol brasileiro.

Em sua segunda passagem pelo estádio Bento Freitas, Rogério Zimmermann conseguiu levar o Brasil de volta à elite do futebol gaúcho e escalou da Série D até a segunda divisão nacional. Nesse período, o Xavante conquistou duas vezes o título do interior no Gauchão.

Em 2017, Zimmermann chegou a marca de 400 jogos à frente do Brasil. Mas o 16º lugar na tabela da segundona, com desempenho ruim, cobraram seu preço.

Promovido à Série B no ano passado, o Brasil de Pelotas apostou fortemente na campanha como mandante para evitar rebaixamento. Conseguiu escapar com sobras da zona de descenso, mas neste ano fez um Gauchão ruim e agora flerta com o Z-4.

Junto com Rogério Zimmermann, deixam o Brasil de Pelotas o auxiliar técnico Zeca Martins e o preparador físico João Beschorner.

No sábado, o Brasil de Pelotas volta a campo e enfrenta o Paysandu, em casa, às 19h (Brasília). O time gaúcho é o 16º colocado na Série B, com 17 pontos e oito derrotas em 15 partidas.

UOL Cursos Online

Todos os cursos