Após 16 rodadas, Inter tem segunda pior campanha entre grandes na Série B

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Rimoli/AGIF

    O Inter de D'Alessandro é o segundo pior dos grandes na Série B após 16 jogos

    O Inter de D'Alessandro é o segundo pior dos grandes na Série B após 16 jogos

Passadas 16 rodadas do Brasileiro da Série B, o Internacional soma 24 pontos e ocupa a sexta posição. A trajetória longe do esperado é a segunda pior entre os grandes que disputaram a segunda divisão. Apenas o Atlético-MG estava pior a esta altura, nos mesmos moldes de competição e com o mesmo número de jogos.

Dos grandes que estiveram alijados da elite em algum momento, quatro lideravam na atual rodada. Passadas 16 partidas do Brasileirão de 2013, o Palmeiras, por exemplo, tinha 40 pontos e era o primeiro. Na mesma rodada, em 2008, o Corinthians tinha 35 e também estava na ponta. O Vasco em 2016, tinha 32 pontos e encabeçava a classificação. O Botafogo, em 2015, tinha 30 pontos e ficava no topo. Com 31 pontos, o Vasco foi vice-líder em 2014 e 2009.

Depois de todos estes é que aparece o Inter de 2017. Após os mesmos 16 jogos, o time vermelho soma 24 pontos e ocupa apenas a sexta posição. Pior, apenas o Atlético-MG de 2006, que tinha meros 23 pontos e era 7º em 2006.

A falta de resultados preocupa. O técnico Guto Ferreira está diretamente ameaçado e, caso não ocorram vitórias nos dois próximos jogos, ambos no Beira-Rio, contra Oeste e Goiás, o comandante será demitido.

Questionado sobre a comparação entre o Colorado e outros grandes que disputaram a segunda divisão, o treinador disparou contra seu antecessor e até reclamou da falta de agilidade na reformulação do grupo.

"Para andar nesta velocidade, a equipe do Inter teria de vir mais pronta do Estadual. Estar pronta e embalada para competição nacional. O Inter também teve dificuldades no Estadual. Chegou à final, mas não era uma equipe pronta. E ainda não é uma equipe pronta. E isso dá uma dificuldade especial. E os clubes quando caíram, a remontagem foi bastante rápida, com aproveitamento de boa parte dos jogadores que caíram. O Inter tem dois (jogadores que participaram da queda) como titulares hoje. Passa por isso também", se defendeu.

A trajetória de Guto Ferreira no Inter contempla quase toda trajetória do time na Série B. Ele assumiu na quarta rodada e soma 13 jogos, com cinco vitórias, cinco empates e três derrotas. Sob seu comando, o time marcou 14 gols e sofreu 11. São 51% de aproveitamento.

A direção vermelha não esconde que a falta de bons jogos tem incomodado. "A mudança (de comissão técnica, na terceira rodada) está demorando. Ainda não surtiu o efeito que esperávamos. A avaliação do meu trabalhou, não sou eu que tenho que fazer. É o sócio, o torcedor que analisa", disse o vice de futebol Roberto Melo.

Os jogadores do Inter voltam a Porto Alegre neste domingo. O último reforço contratado para a Série B também faz tal caminho no mesmo dia. Leandro Damião assinará com o clube de Porto Alegre e deve ser apresentado na segunda-feira, junto ao meia Camilo.

UOL Cursos Online

Todos os cursos