Inter evita protesto e fecha treino para jogo decisivo contra o Oeste

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/SC Internacional

    Jogadores do Internacional buscam tranquilidade para recuperação na Série B

    Jogadores do Internacional buscam tranquilidade para recuperação na Série B

O Internacional terá apenas um treinamento em Porto Alegre para o jogo que pode decidir a permanência do técnico Guto Ferreira no clube. E ninguém além dos profissionais do clube poderá acompanhar. A atividade desta segunda-feira (24) tem portas fechadas e evita qualquer manifestação da torcida.

A informação sobre um possível protesto contribuiu na busca pela reclusão. Comissão técnica e jogadores do Internacional foram até o Beira-Rio após atividade na academia, que fica no CT Parque Gigante, para treinar. O translado é curto, apenas cruzar uma rua.

No estádio, a entrada de estranhos ao dia a dia do Inter era impedida por seguranças e proteção. Não houve qualquer movimentação de torcida nos portões, algo que já ocorreu em outros momentos.

A situação tensa é reflexo da campanha do Inter na Série B. Em 6º com 24 pontos, o Colorado perdeu para o Vila Nova-GO no último sábado e depende de uma vitória convincente para não trocar de treinador já nesta terça, diante do Oeste.

Baixas, retornos e incertezas

Guto perdeu três titulares suspensos. Claudio Winck, Victor Cuesta e Rodrigo Dourado não podem enfrentar os paulistas. A tendência aponta para as entradas de Fabinho, Charles e Klaus.

Por outro lado, Edenílson volta ao meio. O Inter ainda aguarda a condição legal de Camilo, que pode fazer sua estreia tendo apenas uma atividade com os novos colegas após chegar do Botafogo.

Inter e Oeste jogam nesta terça à partir das 21h30 (de Brasília) pela 17ª da Série B do Brasileiro.

UOL Cursos Online

Todos os cursos