Damião reestreia com gol, Inter bate o Goiás e é vice-líder da Série B

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto

  • Ricardo Duarte/Divulgação

    Leandro Damião comemora com Willian Pottker gol do Internacional contra o Goiás

    Leandro Damião comemora com Willian Pottker gol do Internacional contra o Goiás

Leandro Damião fez aquilo que foi contratado para fazer: gol. Nesta terça-feira (01), o Inter jogou como há tempo não jogava, venceu o Goiás por 3 a 0 e pulou para vice-liderança da Série B. Em seu retorno ao Beira-Rio, o centroavante marcou de pênalti. 

A crise acabou. O Colorado foi absoluto contra o alviverde. Virou o primeiro tempo empatando, mas com atuação digna de aplauso, em vez das vaias que acompanharam a equipe em jogos recentes no Beira-Rio. Na etapa final, William Pottker marcou o primeiro, Damião fez o seu de pênalti e Carlos fechou o placar. 
 
O time gaúcho abusou de perder gols. Desperdiçou um pênalti com William Pottker, empilhou oportunidades e só não fez mais por uma boa atuação do goleiro adversário. 
 
O Inter chegou aos 30 pontos e está seis atrás do líder América-MG. Na próxima terça-feira encerra o turno contra o Guarani, fora de casa. Já o Goiás tem interrompida série de duas vitórias seguidas, soma 23 pontos e encara o Oeste na próxima rodada. 

Pottker faz o seu, dá assistência e ajuda Damião

Pottker foi quem abriu placar para o Internacional. O atacante aproveitou rebote e marcou de cabeça. Foi bem, teve outras duas chances, e poderia ter sido 'fominha' no pênalti. Cobraria, mas deixou Damião bater para que o estreante marcasse o seu. Errou um pênalti no fim do jogo, mas teve boa atuação.  

Marcelo Rangel pega pênalti

O goleiro do Goiás foi um dos destaques do jogo. Mesmo com seu time derrotado, o camisa 1 evitou que a margem fosse maior. Defendeu uma série de batidas difíceis e até um pênalti. 

Estreantes em ação: Camilo e Damião titulares do Inter

Sem contar com D'Alessandro, suspenso, e Nico López, com desconforto muscular, o Internacional promoveu as estreias das suas duas últimas contratações. Leandro Damião e Camilo começaram a partida contra o Goiás para alegria da torcida que esperava ansiosamente pela participação deles. Em campo, o centroavante se esforçou muito e arrancou aplausos da torcida. Marcou o segundo gol do time vermelho na etapa complementar. Já o meia foi um pouco mais discreto e procurou espaço na fechada defesa do Goiás.

A principal arma do Goiás é Carlos Eduardo

A principal arma do Goiás foi seu camisa 7. Carlos Eduardo, de 20 anos, deu muitos problemas à defesa do Internacional. Aberto pela direita de ataque, o jogador mostrou amplo repertório de dribles e jogadas em velocidade. Não foi efetivo em conclusões, mas causou pânico em Uendel, Cuesta e qualquer um que tentasse o conter por ali. No segundo tempo, Argel inverteu o lado de seu principal jogador de frente e Carlos Eduardo passou a bater de frente com Claudio Winck. 

Inter abre o placar no começo do segundo tempo

O segundo tempo não tinha um minuto e o Inter pulou na frente. William Pottker aproveitou rebote do goleiro em conclusão de Damião e, de cabeça, colocou nas redes. O lance fez o Goiás precisar sair de trás e deu mais espaço para o time da casa trabalhar. 

Segundo, terceiro e uma série de chances

O Inter fez o segundo em seguida. Damião, de pênalti. E poderia ter feito três, quatro, até cinco. Passou a empilhar chances de gol perdidas por momentos de desleixo combinado com uma boa atuação do goleiro do Goiás, que pegou até pênalti cobrado por William Pottker. Carlos definiu o jogo aos 39 minutos. 

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 3 X 0 GOIÁS


Data: 01/08/2017 (terça-feira)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior
Auxiliares: Bruno Boschillia e Rafael Trombeta
Renda: R$ 544.445,00
Público: 35.391 (total)
Cartões amarelos:  Alex Alves (GO), Bambu (GO); Rodrigo Dourado (INT), Felipe Gutiérrez (INT);
Gols: William Pottker, do Inter, com 1 minuto do segundo tempo; Leandro Damião, do Inter, aos 13 minutos do segundo tempo; Carlos, do Inter, aos 39 minutos do segundo tempo;

INTERNACIONAL
Danilo Fernandes; Claudio Winck, Klaus, Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson e Camilo (Diego); Eduardo Sasha (Felipe Gutiérrez), William Pottker e Leandro Damião (Carlos).
Técnico: Guto Ferreira

GOIÁS
Marcelo Rangel; Tony (Saavedra), David Duarte, Alex Alves e Carlinhos; Pedro Bambu, Elyeser e Andrezinho; Carlos Eduardo, Léo Gamalho (Gustavo) e Júnior Viçosa (Michael).
Técnico: Argel Fucks

UOL Cursos Online

Todos os cursos