Inter dosa cobrança e vê resultados aparecerem após turbulência na Série B

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • VINíCIUS COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    O técnico Guto Ferreira, do Inter, esteve ameaçado de demissão e foi cobrado

    O técnico Guto Ferreira, do Inter, esteve ameaçado de demissão e foi cobrado

O Internacional vive sua melhor fase técnica na Série B. Depois da oscilação, da turbulência e da cobrança forte realizada pela direção, o Colorado conseguiu duas vitórias seguidas e atingiu a vice-liderança do torneio. Talvez sob efeito do alerta que sucedeu a partida contra o Vila Nova-GO.

Depois da derrota fora de casa, o presidente Marcelo Medeiros e o vice de futebol Roberto Melo foram claros: ou os resultados apareciam, ou o comando técnico seria alterado. Os jogadores também foram alvos da cobrança. Era preciso 'dar um pouco mais' na avaliação do comando. Que ao mesmo tempo não se excluiu responsabilidade. Colocou também a direção na pressão pela melhora.

Deu certo. Em seguida à cobrança o empenho mudou, o desempenho cresceu e as vitórias vieram.

"A cobrança é permanente desde o início do ano. Não só da direção, mas entre eles jogadores também. São os que mais se cobram, sabem que podem dar mais, que se pode render mais. Houve internamente, não externamente. O resultado, os dois jogos, mostra que estamos no caminho certo", disse o vice de futebol Roberto Melo.

O mais ameaçado era Guto Ferreira. O treinador venceu prazo dado de dois jogos para que o efeito da troca de comissão técnica fosse percebido. O Inter melhorou bastante e, finalmente, a tranquilidade já é perceptível no contato com o comandante.

"Quem em medo de pressão fica em casa batendo palma e assistindo. Existe sempre, diariamente. O importante é buscar desempenho e buscar efetivar seu trabalho. A alegria é buscar o trabalho e ter o desempenho que tivemos. Vai acontecer de oscilarmos na frente. Mas o trabalho vai fazer com que não oscilemos, e se por ventura a oscilação vier, que seja pequena, o grupo não sinta e dentro da nossa campanha não seja em um estágio ou momento importante", afirmou o técnico.

O Internacional encerra o primeiro turno da Série B neste sábado contra o Guarani. O jogo das 16h30 (de Brasília) em Campinas contará com a volta de D'Alessandro ao time. O time gaúcho soma 30 pontos na competição, seis atrás do líder, América-MG. 

UOL Cursos Online

Todos os cursos