Camilo e D'Alessandro podem jogar juntos? O Inter acredita que sim

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Divulgação

    Camilo (centro) deve ser mantido no time titular ao lado de D'Alessandro no meio

    Camilo (centro) deve ser mantido no time titular ao lado de D'Alessandro no meio

Camilo mostrou, em sua estreia na última terça-feira, que tem espaço no time titular do Inter. O ex-botafoguense e movimentou bem, deu velocidade ao setor de criação do Colorado e saiu de campo aplaudido. O problema é que ele atuou na mesma função de D'Alessandro, que agora volta de suspensão. Mas o técnico Guto Ferreira acredita que ambos podem atuar ao mesmo tempo e deve testar isso já neste sábado (05), diante do Guarani, às 16h30 (de Brasília).

O jogo que encerra o primeiro turno da Série B vale muito a ambos os times. O Inter começa a partida como vice-líder da competição com 30 pontos. O Guarani soma 28 e caiu para o quinto lugar na última rodada.

O crescimento do Inter foi consolidado no último jogo. Contra o Goiás, o Colorado fez 3 a 0 e poderia ter marcado ao menos mais três gols. Perdeu um pênalti e uma série de chances. Muito por força da intensidade proposta pelo setor de criação, cujo protagonista foi Camilo.

Tirar o armador da equipe neste momento não está nos planos de Guto Ferreira. Mas ao mesmo tempo, o técnico terá a volta de D'Ale, que joga na mesma faixa de campo. O que deve ocorrer é 'sobrar para Sasha'.

O meia-atacante já deixou a partida contra os goianos reclamando de dores no ombro esquerdo. Levou a pior ao cair em uma dividida. "Temos que esperar para ver o que vai acontecer com Sasha. Os médicos vão avaliar. Eu acho que dá (para Camilo e D'Alessandro jogarem juntos). Quando se tem qualidade, sempre cabe mais um jogador desde nível junto. Mas temos que aguardar", analisou Guto.

Taticamente são duas opções: primeiro fazer Camilo atuar onde terminou o jogo, na ponta esquerda. Desta forma, D'Alessandro entra na função que tem exercido, o central ofensivo do 4-1-4-1, ao lado de Edenílson e à frente de Rodrigo Dourado, com Pottker aberto no flanco oposto. Damião será o centroavante.

A segunda alternativa é abrir D'Ale, como ele já atuou no Internacional durante boa parte de sua trajetória e até mesmo no início deste ano. O gringo jogaria na esquerda com Camilo centralizado e o mesmo restante de escalação.

Uma mudança de formato é pouco provável. O comando técnico do Inter acredita que encontrou a formação ideal e o desempenho positivo reforça a ideia de permanência.

Independente do escolhido para atuar aberto, ele terá que fugir um pouco de sua característica. Tanto D'Alessandro quanto Camilo precisarão acompanhar durante todo o jogo as subidas do lateral adversário. Além de criar, terão que participar dos movimentos defensivos da equipe, algo que Sasha tem se empenhado muito para fazer.

FICHA TÉCNICA
GUARANI X INTERNACIONAL

Data e hora: 05/08/2017 (sábado), às 16h30 (Brasília)
Local: estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Michael Correia e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (ambos do RJ)

GUARANI: Leandro Santos; Lenon, Genilson, Diego Jussani e Geilton; Evandro, Richarlison, Denner, Fumagalli e Bruno Nazário; Eliandro
Técnico: Vadão

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Klaus, Cuesta e Uendel; Dourado, Edenílson, D'Alessandro, Camilo; Pottker e Leandro Damião
Técnico: Guto Ferreira

UOL Cursos Online

Todos os cursos