Lesão de Klaus dá chance para Inter "resgatar" Ernando. Por quanto tempo?

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Internacional

    Ernando tem período incerto para ser resgatado no time principal do Internacional

    Ernando tem período incerto para ser resgatado no time principal do Internacional

Serão 11 jogos do Internacional sem Klaus. O zagueiro, que passou por cirurgia no braço esquerdo no último domingo, poderá voltar apenas para os últimos jogos do Brasileirão. E enquanto procura uma nova opção para o setor, o Internacional tem a chance de 'resgatar' Ernando, mas o tempo para isso é uma incógnita.

Ernando será titular imediatamente. Já no jogo contra o Juventude, foi ele quem entrou na vaga de Klaus. Hoje, Danilo Silva está machucado e Léo Ortiz vem atrás na hierarquia técnica proposta por Guto Ferreira.

Só que a utilização dependerá dos próximos passos. Primeiro porque a direção do clube não esconde a procura por outro defensor. Precisará ser rápido, já que as inscrições na Série B acabam dentro de sete dias. Conseguindo a contratação, Ernando volta ao status anterior.

Neste ponto, o zagueiro Thales, cedido pelo Inter ao CSA-AL, é o primeiro da fila para atuar no Colorado. O jogador teria situação facilitada para regresso e a tendência é que chegue nos próximos dias para ocupar a lacuna na zaga. 

E mesmo se conseguir se firmar até o fim do ano, Ernando, de 29 anos, não sabe o que vai acontecer dali em diante. Reformulando a equipe de olho em 2018, o Colorado poderá aproveitar o último ano de vínculo dele com o clube para conseguir um destino por empréstimo.

Outra incerteza temporal é motivada pelo regresso de Danilo Silva. A partir do momento que o jogador estiver totalmente apto a jogar, Ernando deve dar outro passo para trás na fila por oportunidades. Na segunda-feira, Danilo voltou a trabalhar com o grupo principal. 

Poucos jogos e cicatrizes

Ernando disputou apenas 11 partidas na temporada e foi duramente marcado pela torcida. No começo do ano, ele e Paulão foram alvos de protestos. Os postes da avenida que dá entrada ao Centro de Treinamentos Parque Gigante foram pichados com os dizeres 'Fora Paulão' e 'Fora Ernando'.

Ele ficou um período fora do time, mas foi escolhido pelo técnico Antonio Carlos Zago para a final do Gauchão diante do Novo Hamburgo, atuando improvisado na lateral esquerda. Uma oportunidade de recuperação imaginando-se o título estadual. Não aconteceu. Pior que isso, o Internacional foi para os pênaltis justamente por causa de um gol contra de Ernando no empate por 1 a 1. Acabou derrotado.

Diante do Santa Cruz, já no Brasileirão da Série B, ele entrou alguns minutos e se machucou. Ficou fora mais um período até jogar de novo contra o Atlético-MG pela Primeira Liga e sair de campo, finalmente, fortalecido. Com uma boa atuação, recebeu elogios do técnico Guto Ferreira e agora poderá se firmar novamente no clube.

Ernando foi contratado pelo Internacional em 2014 e titular nas últimas três temporadas. Fez 41 jogos e um gol no ano em que chegou, 56 jogos e quatro gols em 2015 e 54 jogos e três gols no ano passado.

UOL Cursos Online

Todos os cursos