Inter e América-MG jogam com clima de final antecipada da Série B

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeferson Guareze/AGIF

    D'Alessandro volta ao Inter contra o América-MG nesta quarta-feira após suspensão

    D'Alessandro volta ao Inter contra o América-MG nesta quarta-feira após suspensão

Depois desta rodada, faltarão ainda 12 jogos para o fim da Série B. Mas o confronto desta quarta-feira (27) às 19h30 (de Brasília) entre Inter e América-MG pode muito bem ser encarado como final antecipada da competição. Líder e vice, empatados em pontos, a melhor defesa contra o melhor ataque, sobram atrativos para o jogo do Beira-Rio.

Ambos disputaram a Série A do ano passado. O América-MG foi lanterna com 28 pontos. O Inter acabou em 17º com 43. Mas exatamente um jogo contra os mineiros pesou na queda pela primeira vez do Colorado para segunda divisão. A derrota por 1 a 0, em Minas.

Refeitos depois da queda, vermelhos e verdes são, sem dúvida, os melhores times da Série B. E os números comprovam isso. Enquanto o América-MG se destaca pela regularidade, o Inter cresceu muito após oscilar no iníciod a competição.

Hoje o Colorado soma 48 pontos e é líder em razão do número de vitórias: 14. Tem o melhor ataque da competição, 39 gols marcados, e a segunda melhor defesa, que sofreu apenas 18.

Já o Coelho tem os mesmos 48 pontos e é vice-líder pois conquistou uma vitória a menos. Tem a mehor defesa do torneio, sofrendo só 16 gols, e o quinto melhor ataque com 31 marcados.

"Não tem final, é pontos corridos. Temos que fazer nosso papel. É dentro de casa e temos que vencer. Não tem que pensar em três pontos para abrir. Não podemos tropeçar e temos que fazer nossa parte, encarando da mesma maneira", disse o centroavante Leandro Damião. "Nosso papel é o aesso. O quanto conseguir o objetivo é importante. É claro que ser campeão seria importante, mas o principal é o acesso", reforçou.

Segundo levantamento do UOL Esporte, faltam cinco vitórias para garantir o regresso à Série A, tanto para Inter quanto para América-MG. Por isso, uma vitória, além de colocar o time três pontos na frente do concorrente com uma rodada a menos pela frente, deixará apenas quatro vitórias faltando na projeção.

"Este clima (de final) está sendo criado por quem? O clima não está sendo criado no vestiário do Inter. O nível de importância da partida e o foco existem, sim. Mas clima de final está sendo criado de uma forma externa. Não de forma interna. Sabemos da importância da partida e trabalharemos para um resultado que pode ser importante na sequência. Mas não definitivo. Depois teremos mais 12 rodadas e não adianta nada ganhar este jogo e parar. Não dará o resultado final que você busca. E se não existir a vitória também, pode recuperar nestes 12 jogos que faltam. O mais importante é seguir equilibrado, sabendo que o jogo é importante, que pode vir um ganho moral, mas não superdimensionar a partida. Até porque ela não é definitiva", disse o técnico Guto Ferreira.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X AMÉRICA-MG
Data e hora
: 27/09/2017 (quarta-feira), às 19h30 (Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: Sportv e PPV
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Auxiliares: Anderson José de Moares Coelho e Bruno Salgado Rizo (ambos de SP)
INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Alemão, Ernando (Danilo Silva), Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, D'Alessandro, William Pottker e Eduardo Sasha; Leandro Damião.
Técnico: Guto Ferreira
AMÉRICA-MG: João Ricardo; Norberto, Rafael Lima, Lima e Pará; Juninho, Ernandes, Renan Oliveira e Matheus; Luan e Edno.
Técnico: Enderson Moreira

UOL Cursos Online

Todos os cursos