Ex-palmeirense marca, mas Inter vence com gol de Nico e se isola no topo

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Divulgação

    Edenilson disputa bola em Internacional x América-MG pela Série B

    Edenilson disputa bola em Internacional x América-MG pela Série B

Era meio do segundo tempo, Guto Ferreira fez o que costuma fazer nos treinamentos. Colocou Camilo e Nico López no Inter. Deu certo. Com assistência do ex-botafoguense, o uruguaio bateu forte e fez o gol da vitória contra o América-MG por 2 a 1 nesta quarta-feira (27), no Beira-Rio. 

Foi um jogo muito complicado. O Colorado vencia, sofreu empate, por pouco não levou a virada, mas acabou vencendo depois de muito sofrer. Nico usou seu status de 'jogador de segundo tempo', mas importante para o grupo e decidiu. O gol do América-MG foi marcado por Luan, que pertence ao Palmeiras e atua no clube por empréstimo até o fim do ano. 
 
Desta forma, o Colorado se isolou na liderança da Série B com 51 pontos. O América-MG parou com 48. Além de pular em primeiro, o time vermelho ainda abriu 9 pontos em relação ao primeiro time fora da zona de ida para Série A. E está, pela projeção matemática, a quatro vitórias de subir. 
 
Na próxima rodada, o Internacional recebe o Santa Cruz, sábado, no Beira-Rio. Já o América-MG joga contra o Oeste-SP, domingo, em Belo Horizonte.

D'Alessandro dá 15ª assistência

Partiu dos pés do camisa 10 argentino mais um gol do Inter. Foi a 15ª assistência de D'Alessandro na temporada, novamente destaque da equipe gaúcha. 

Nico sai do banco e decide

Foi Nico López o protagonista. O uruguaio saiu do banco de reservas e, aos 40 minutos do segundo tempo, marcou o gol da vitória do time vermelho. 

Paciência tem limite: torcida do Inter vaia Alemão

Alemão cometeu muitos erros. Desde o começo do jogo, o ex-botafoguense posicionou-se equivocadamente, errou passes, lançamentos e chegou a ser cobrado mais de uma vez por William Pottker durante a partida. Tanto fez que acabou vaiado pelos aficionados presentes.

A cara do Inter: cruzamento abre o placar

Um gol com a cara do Inter. Foi assim que o Colorado abriu o placar contra o América-MG. O Colorado é um time que costuma lateralizar as jogadas, cria pelo flanco e conta com a entrada surpresa dos centrais dentro da área rival, no espaço aberto pelo deslocamento de Leandro Damião. Exatamente o que houve. D'Alessandro tramou com Sasha e cruzou para Edenílson, que no espaço aberto pela ida de Damião para a primeira trave, colocou de cabeça nas redes.

De igual para igual: América-MG empata

O América-MG jogou de igual para igual com Inter. Atacou desde o começo do jogo e mesmo quando esteve atrás no placar não abriu mão de sua forma de jogar. Postou-se com dois atacantes, dois meias e brecou os laterais do time gaúcho. Empatou com gol de Luan antes do fim do primeiro tempo e justificou a condição de vice-líder da Série B.

Polêmica: Inter pede vermelho para goleiro rival

O goleiro João Ricardo gerou a ira dos jogadores do Inter. Aos 15 do segundo tempo, D'Alessandro encontrou Pottker que entrava cara a cara e deu um chapéu no goleiro usando a cabeça. O camisa 1 rival fez falta dura, impedindo a progressão do colorado. Fora da área, a infração foi assinalada. Mas a reclamação tomou conta porque os jogadores do Inter queriam o cartão vermelho e só o amarelo foi dado. Durante a reclamação, D'Alessandro e Luan trocaram empurrões. O juiz contemporizou. 

Shows maltratam gramado do Beira-Rio

Os shows das bandas Bon Jovi e The Who prejudicaram o gramado do Beira-Rio. Uma das metades do campo esteve muito aquém do ideal para disputa da partida. Com locais sem grama e totalmente marcada pela cobertura que se coloca no piso, o campo contrastou com a outra metade, em que o padrão da casa do Inter foi mantido.

Rodrigo Dourado completa 150 jogos

Antes do jogo, o volante Rodrigo Dourado recebeu homenagem. Ele completou 150 partidas com a camisa vermelha. Uma placa e uma camisa especial foram entregues pela direção do clube.

FICHA TÉCNICA PADRÃO
INTERNACIONAL 2 X 1 AMÉRICA-MG


Data: 27/09/2017 (quarta-feira)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza
Auxiliares: Anderson José de Moares Coelho e Bruno Salgado Rizo
Renda: R$ 741.017,00
Público: 36.038 (total)
Cartões amarelos:  Cuesta (INT), D'Alessandro (INT), Uendel (INT), Rodrigo Dourado (INT), Nico López (INT); Fernando Leal (AME), Luan (AME), João Ricardo (AME), Lima (AME); 
Gols: Edenílson, do Inter, aos 27 minutos do primeiro tempo; Luan, do América-MG, aos 39 minutos do primeiro tempo; Nico López, do Inter, aos 40 minutos do segundo tempo; 

INTERNACIONAL
Danilo Fernandes; Alemão, Ernando, Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, D'Alessandro (Camilo), William Pottker e Eduardo Sasha (Nico López); Leandro Damião (Charles).
Técnico: Guto Ferreira

AMÉRICA-MG
João Ricardo (Fernando Leal); Norberto, Rafael Lima, Lima e Pará; Juninho, Ernandes, Renan Oliveira (Ruy) e Matheusinho (Felipe Amorim); Luan e Edno.
Técnico: Enderson Moreira

UOL Cursos Online

Todos os cursos