D'Alessandro faz dois, Inter bate Santa Cruz e abre 6 pontos de vice-líder

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Rimoli/AGIF

    D'Alessandro comemora gol do Internacional conra o Santa Cruz

    D'Alessandro comemora gol do Internacional conra o Santa Cruz

D'Alessandro deixou o Inter mais perto da Série A. Neste sábado (30), o gringo marcou os dois gols na vitória por 2 a 0 sobre o Santa Cruz, no Beira-Rio. O resultado faz o time vermelho livrar seis pontos em relação ao vice-líder, América-MG.

O Inter soma, agora, 54 pontos. O América-MG, vice-líder, tem 48 e joga no domingo. Pode reduzir a margem para três pontos novamente. Já o Santa Cruz está na zona de rebaixamento para Série C com 29 pontos.

O Colorado, ainda, manteve a margem de nove pontos em relação ao Juventude, primeiro fora da zona de ida para primeira divisão no ano que vem. Pela projeção feita no clube, faltam três vitórias em 11 jogos para garantir o retorno à elite do futebol nacional. 

Na próxima rodada, o Colorado encara o Paraná, fora de casa, terça-feira. Já o Santa Cruz joga em casa contra o América-MG, no sábado. 

O melhor: D'Alessandro brilha em tarde de artilheiro

Foram dois gols. O primeiro de pênalti, o segundo após receber de Camilo, mas não só isso na partida. Ele correu, driblou, marcou, orientou os companheiros, bateu faltas, foi o 'dono do time' e fundamental na vitória. Saiu, aos 35 do segundo tempo, tão comemorado quanto na hora que marcou os gols. 

Cuesta bate Grafite e dá segurança ao Inter

No duelo direto com Grafite, deu Victor Cuesta. O zagueiro argentino foi principal destaque do Inter na partida. Venceu disputas com o atacante rival e deu segurança ao time vermelho. 

Na velocidade de Pottker: pênalti e gol

O Inter abriu o placar de pênalti com D'Alessandro. E onde William Pottker entra na jogada? Na criação. O atacante de lado foi lançado e ganhou do marcador na velocidade. Percebendo a entrada de Leandro Damião livre para concluir, ele cruzou rasteiro. A bola parou na mão de Guilherme, que vinha de carrinho para evitar a jogada. O árbitro marcou pênalti e abriu caminho para o gol do Inter.

Carlinhos volta após três meses

Carlinhos voltou a ser titular do Inter. Depois de três meses afastado por lesão, o lateral esquerdo ocupou o posto aberto pela suspensão de Uendel e não foi mal. Mesmo sem o ritmo ideal de jogo, mostrou técnica em vários momentos ofensivos e conseguiu compor a linha defensiva bloqueando o lado direito de ataque do Santa.

Time todo: Inter resolve não preservar jogadores

Depois de uma bateria de exames durante a semana, o Internacional resolveu não preservar qualquer titular. Mesmo com a sequência dura de jogos, o técnico Guto Ferreira só foi obrigado a abrir mão dos jogadores suspensos, Nico López e Uendel. Em campo, o Colorado criou as principais chances, teve domínio de boa parte do jogo e poderia ter vencido por margem maior.

Segundo tempo tenso? D'Ale e Camilo resolvem

O Inter reduziu sensivelmente o ritmo de atuação no segundo tempo. Depois de dominar boa parte da etapa inicial, o time vermelho passou a criar cada vez menos, chamando o adversário para seu campo. Foi, por mais de uma vez, ameaçado na partida. Mas quando tudo parecia complicar, Camilo entrou na vaga de Eduardo Sasha e combinou com D'Alessandro o lance do segundo gol. Dos pés do cabeludo veio o passe para o gringo driblar e colocar nas redes.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 X 0 SANTA CRUZ


Data: 30/09/2017 (quarta-feira)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado
Auxiliares: Fábio Pereira e Cipriano da Silva Sousa
Renda: R$ 558.273,00
Público:27.479 (total)
Cartões amarelos:  Alemão (INT), Carlinhos (INT), Rodrigo Dourado (INT), Cuesta (INT), William Pottker (INT); Guilherme (STA); 
Gols: D'Alessandro, do Inter, aos 9 minutos do primeiro tempo e aos 26 do segundo tempo;

INTERNACIONAL
Danilo Fernandes, Alemão, Danilo Silva, Victor Cuesta e Carlinhos (Iago); Rodrigo Dourado, Edenílson, D'Alessandro (Gutiérrez), Pottker e Eduardo Sasha (Camilo); Leandro Damião.
Técnico: Guto Ferreira

SANTA CRUZ
Júlio César; Nininho, Guilherme, Anderson Salles e Yuri; Wellington Cézar, Bruno Paulo (Ricardo Bueno), Thiago Primão e André Luís; Grafite (Nathan) e João Paulo.
Técnico: Marcelo Martelotte
 

UOL Cursos Online

Todos os cursos