Guto fala em 'blocão dos oito' na Série B e pede Inter humilde

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Rímoli/AGIF

O Internacional é líder, está muito perto de garantir o acesso e no caminho do título da Série B. Mas é preciso estar alerta. Neste domingo (8), Guto Ferreira citou os crescimentos de Oeste e Criciúma para apontar que oito times disputam a promoção. Segundo o treinador, o 'blocão dos oito' turva as contas para assegurar matematicamente a vaga à elite.

Nas contas do técnico, são necessárias mais quatro vitórias. Só que a boa fase de outros times que lutam por uma vaga no G-4 já fazem Guto pensar de novo nos números.

"O Criciúma está encostando, o Oeste encostando de maneira bastante interessante e meio que se definindo um blocão de oito. Agora começam os confrontos diretos entre os oito. Se tiver muito empate, a tendência é baixar. Mas quando tem uma vitória, com um jogo de vitórias, sobe a margem. Não adianta fazer 63 e descansar. 'Subiu'. Subiu não, só quando for matematicamente. Pode ser, pode ser, que matematicamente com quatro vitórias você esteja matematicamente classificado. Mas pode ser que ainda não. Pode ser que você tenha 66 pontos, não esteja matematicamente e espere. Como você vai comemorar antes se não tem certeza? E pode ser, ainda, que com 66 seja ultrapassado. Não adianta falar com coisas subjetivas, é preciso ir jogo a jogo. Estou jogando 66, mas poderia estender para 69, 70, 72...", disse o treinador do Internacional.

Dono de 54 pontos, o Inter é líder isolado e tem seis pontos de vantagem em relação ao Ceará (quarto colocado). Na terça, perdeu para o Paraná e nesta segunda-feira recebe o Brasil de Pelotas. Vencer, em casa, é vital para manter a margem de segurança e ficar mais perto ainda do retorno à primeira divisão. Tudo isso com os pés no chão.

"Pelo desempenho, por situações, afirmo que nós vamos subir. Agora, não adianta falar. Temos que conseguir os resultados e até isso, temos que ter muita humildade em tudo que acontece à volta. O 'se' não joga. No campo são 11 contra 11 e nada de fatores externos. O que influencia é o foco de cada um, o desempenho do momento. A fase de cada um no momento. A cabeça de cada equipe no momento. Por isso temos que estar sempre controlando para mais ou para menos", comentou Guto Ferreira.

O Inter encerrou sua preparação para o jogo contra o Xavante com um treino fechado. O time, no entanto, está definido. Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Danilo Silva, Victor Cuesta e Uendel; Charles, Edenilson, D'Alessandro e Eduardo Sasha; Willian Pottker e Leandro Damião.

UOL Cursos Online

Todos os cursos