Contra CRB, D'Alessandro entra em lista rara e supera Falcão no Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

    D'Alessandro passa a ser o 9º jogador com mais partidas pelo Inter na história

    D'Alessandro passa a ser o 9º jogador com mais partidas pelo Inter na história

Ao pisar no gramado do Beira-Rio para o jogo contra o CRB nesta sexta-feira (03), D'Alessandro estará novamente entrando para história do Inter. Chegará aos 388 jogos pelo time vermelho e passará a ser o nono jogador com mais participações pelo time desde sua fundação.

A estreia pelo Colorado aconteceu no dia 13 de agosto de 2008, diante do Grêmio. Na ocasião, o empate em 1 a 1 pela Copa Sul-Americana significou a classificação à próxima fase da competição, que seria conquistada em dezembro. O primeiro gol veio diante do Botafogo, em setembro daquele ano.

Muito tempo passou. D'Alessandro conquistou a torcida não só pelas boas atuações, gols e assistências, ou mesmo o rendimento acima da média nos clássicos contra o Grêmio. Mas também pela postura profissional, pelo respeito com os aficionados e o clube, e também pelo empenho que mostrou em campo.

Não eram apenas dribles, gols, passes e chutes, mas um jogador que brigava pelo Inter. Seja nos microfones rebatendo qualquer declaração que desmerecesse o Colorado ou discutindo com adversários, árbitros, treinadores. D'Ale representava a torcida, seja onde fosse.

Ganhou música, bandeiras, idolatria, uma legião. De 2008 até hoje, deixou o Inter apenas no ano passado. Foi emprestado ao River, chorou na despedida. E foi sem ele que o clube do povo conheceu o pior de sua história. Caiu para Série B.

Neste ano, aos 36 de idade, D'Alessandro poderia ter optado por permanecer em seu país natal. Perto da família, dos amigos mais antigos. Tinha proposta do River Plate para permanecer, interesse do Racing, clube do coração de seu pai. Além de uma investida do Colo-Colo de olho em levá-lo para o Chile. Mas não aceitou.

Acreditava estar em dívida com o Inter. Queria voltar para resgatar o clube que lhe acolheu de volta à elite. E o retorno ele fez em alto nível e está perto de confirmar o objetivo de recolocar o Colorado na Série A.

Nesta sexta-feira, D'Alessandro ultrapassa Falcão e Carlitos. Pode, até o fim da temporada, alcançar e ultrapassar  os zagueiros Índio e Mauro Galvão (este só se jogar todas as partidas). E como já indicou que renovará contrato, tem a perspectiva de continuar empilhando marcas e consolidando-se na história do clube.

Confira a lista de jogadores com mais jogos pelo Inter:

1º Valdomiro - 803
2º Bibiano Pontes - 523
3º Dorinho - 460
4º Luiz Carlos Winck - 453
5º Claudiomiro - 420
6º Gainete - 410
7º Mauro Galvão - 393
8º Índio - 391
9º Falcão, Carlitos e D'Alessandro - 387

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL X CRB

Data e hora: 03/11/2017 (sexta-feira), às 19h15min (Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa/PR)
Auxiliares: Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Danilo Silva, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Dourado; Edenilson, D'Alessandro, William Pottker e Eduardo Sasha; Leandro Damião
Técnico: Guto Ferreira

CRB: Edson Kolln; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Adriano, Rodrigo Souza, Tinga e Danilo Pires; Chico e Neto Baiano
Técnico: Mazola Júnior

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos