Inter sofre com gols relâmpago e só empata com Luverdense graças a Damião

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Divulgação

    Leandro Damião comemora gol do Internacional contra o Luverdense pela Série B

    Leandro Damião comemora gol do Internacional contra o Luverdense pela Série B

Era o jogo que poderia dar ao Inter o acesso virtual para Série A. Era. Depois de sofrer dois gols relâmpago, o Colorado só conseguiu empatar com o Luverdense em 2 a 2, nesta segunda-feira (06), graças a Leandro Damião, que marcou duas vezes. Foi o terceiro jogo sem vitória do time de Guto Ferreira. 

Com um ponto a mais, o Internacional chegou aos 63 pontos. Ainda falta um para a projeção necessária para subir. Manteve a liderança da Série B independente do resultado do América-MG, que enfrenta o ABC-RN nesta rodada. E pode subir matematicamente no próximo sábado, quando encara o Vila Nova-GO, no Beira-Rio. Mas depende de resultados paralelos.

Já o Luverdense soma 40 e fica fora, ao menos momentaneamente, a zona de rebaixamento. Para permanecer lá depende de tropeços de uma série de equipes. Está um ponto na frente do CRB, primeiro na zona de queda para Série C.

E por pouco o Luverdense não ganhou. Marcou um gol antes de um minuto de jogo. O Inter empatou com Damião. Fez outro no primeiro minuto de segundo tempo, e Damião, antes de sair lesionado, empatou de novo.

Foi bem: Damião salva o Inter

Foi Leandro Damião que deu este ponto ao Internacional. O centroavante deu trabalho ao goleiro Diogo e, enquanto aguentou, marcou dois gols em sua característica. O primeiro de cabeça e o segundo aproveitando-se de rebatida da zaga. 

Foi mal: Dourado erra nos gols

No primeiro gol do Luverdense, Rodrigo Dourado perdeu a bola quando o time saía ao ataque. No segundo, não conseguiu evitar uma conclusão de fora da área após rebatida da zaga de Marcos Aurélio. Mesmo se esforçando muito, o marcador não viveu uma noite positiva. 

Nova zaga leva menos de um minuto para vazar

Foi no aquecimento que a zaga do Inter ficou definida. Victor Cuesta sentiu as dores musculares que o acompanharam durante a semana e não reuniu condições de jogar. Foi Thales para a partida, formando dupla inédita com Léo Ortiz. Mal sabiam eles que com menos de um minuto a nova zaga vazaria. Tudo começou quando Rodrigo Dourado perdeu a bola na intermediária defensiva. O Luverdense trocou alguns passes até cruzamento para Alfredo. Ortiz falhou ao tentar afastar e o atacante colocou nas redes.

Inter empilha chances até... marcar

Atrás no placar, o Inter passou a empilhar chances de gol. Damião obrigou o goleiro Diogo a duas defesas difíceis. Pottker acertou a trave. Mas ao passo que criava, o Colorado dava espaços para o contra-ataque. Durante longos 30 minutos, o jogo teve ritmo frenético. Ataques de parte a parte, chances de lado a lado. O Inter conseguiu igualar o placar, depois de muita força, aos 30 minutos. Pottker cruzou e Damião, de cabeça, fez 1 a 1.

INCRÍVEL! Alfredo perde gol feito

Pouco antes do gol de Damião, o Luverdense perdeu uma chance incrível. Rafael Ratão entrou em contra-ataque pela esquerda. Chutou cruzado e Danilo Fernandes defendeu. No rebote, sem goleiro, livre, Alfredo colocou para fora. Seria o segundo gol dos locais.

Mais um gol relâmpago e empate rápido

Se fez um gol cedo no primeiro tempo, repetiu a dose no segundo. Com um minuto de etapa complementar, Marcos Aurélio aproveitou-se de uma rebatida da zaga para bater forte de fora da área e recolocar o time mato-grossense na frente no placar. O Inter, irritado, voltou a precisar correr atrás do resultado. E conseguiu. Cinco minutos do gol do Luverdense, um cruzamento da direita com conclusão de Uendel parou nos pés de Leandro Damião, que mesmo lesionado colocou nas redes. Na comemoração, foi substituído porque não aguentou as dores musculares. 

Um jogo de ninguém: Até o fim sobram chances e sustos

Até o fim do jogo, foi impossível determinar quem iria vencer. Foi um 'jogo de ninguém'. Tanto Inter quanto Luverdense tiveram chances de gol desperdiçadas. Arrancaram suspiros da sua e da torcida rival. Uma série de escanteios de parte a parte, boas participações dos goleiros, bola na trave e momentos em que a bola por pouco não entrou. Mas nada que tirasse os números que já estavam no placar. 


FICHA TÉCNICA
LUVERDENSE 2 X 2 INTERNACIONAL


Data: 06/11/2017 (Segunda-feira)
Local: estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT)
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto e Ailton Farias Silva
Cartões amarelos: Edenílson (INT), Claudio Winck (INT), Pottker (INT); Sergio Mota (LUV);
Gols: Alfredo, do Luverdense, com 1 minuto do primeiro tempo; Leandro Damião, do Inter, aos 33 minutos do primeiro tempo e aos 6 minutos do segundo tempo; Marcos Aurélio, do Luverdense, com 1 minuto de segundo tempo; 

LUVERDENSE
Diogo; Aderlan, Pablo, William e Paulinho; Ricardo, Marcos Aurélio (Alaor), Sergio Mota (Guly), Douglas Baggio; Rafael Ratão (Cleo Silva) e Alfredo.
Técnico: Júnior Rocha

INTERNACIONAL
Danilo Fernandes; Claudio Winck, Thales, Léo Ortiz e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, D'Alessandro (Roberson), William Pottker e Eduardo Sasha (Camilo); Leandro Damião (Nico López).
Técnico: Guto Ferreira

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos