Enfim, de volta? Basta vencer o Vila Nova-GO que o Inter retorna à Série A

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Divulgação

    O Internacional pode confirmar volta à Série A com três rodadas de antecedência

    O Internacional pode confirmar volta à Série A com três rodadas de antecedência

Todo sofrimento, a corneta, a dificuldade em ver os rivais em outra competição. O sentimento de inferioridade, a autoestima abalada do torcedor, a impossibilidade de rivalizar com os maiores. A pressão por vitória, a crise a cada empate, os rivais fechados, os campos beirando o amadorismo. Tudo pode ter fim neste sábado (11). O Inter pode matematicamente voltar para Série A.

Pouco menos de um ano depois de cair, basta vencer o Vila Nova-GO, a partir das 16h30 (de Brasília), no Beira-Rio, que o Colorado não é mais alcançado pelo primeiro fora da zona de acesso à elite. Por isso, a partida diante dos goianos virou a mais importante de 2017 até agora.

A rodada colaborou. Na sexta-feira, o Oeste empatou com o Juventude por 0 a 0 em Caxias do Sul. Desta forma, se o Inter vencer, abre nove pontos do quinto colocado e, como tem 18 vitórias contra 14 do próprio Oeste, mesmo que perca todos e o rival ganhe todas, fica ao menos em quarto por conta deste critério.

E não foi nada fácil. O Inter oscilou bastante no começo da competição, trocou de técnico e acabou construindo, mesmo claudicante, uma campanha sólida. Entrou no G-4, virou líder, abriu diferença e voltou a oscilar. Agora vive uma má fase técnica e contra ela terá que lutar neste sábado.

Uma vitória nos últimos cinco jogos e três jogos sem vencer, sendo dois em casa. Estes são alguns dos fatores que definem o atual momento do Inter. Logo quando o acesso se torna alcançável.

"Uma coisa é ter um cara com ritmo na reta final entrando um que está sendo preparado mas o nível de confiança não é o mesmo de quem vinha jogando. Queira ou não queria existe um decréscimo. Não de qualidade mas de momento. Junto com isso, um probleminha aqui outro ali, gera um problema de confiança", disse o técnico Guto Ferreira. "Existe pressão, um lado que foge do controle, não é só treinamento. É um envolto que acaba se criando em volta do futebol e tem que buscar controlar esta situação. Às vezes se consegue, outras não se consegue. Os problemas são diários e tem que controlar isso sempre para obter o melhor resultado. Os jogos se tornaram muito mais difíceis, é próprio da competição", completou.

A direção do Internacional não programou qualquer festa além do campo para a eventual confirmação de volta à elite. A competição seguirá e a busca passará a ser pelo título da Série B. Faltarão três jogos e o América-MG segue lutando ponto a ponto pelo topo.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X VILA NOVA-GO
Data e hora
: 11/11/2017 (Sábado), às 16h30 (Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: PPV e Sportv
Árbitro: Dyorgines Padovani de Andrade (ES)
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires e Vanderson Antonio Zanotti (ambos do ES)
INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Claudio Winck, Thales, Léo Ortiz e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenílson, D'Alessandro, Pottker e Sasha; Carlos (Leandro Damião)
Técnico: Guto Ferreira
VILA NOVA-GO: Luis Carlos; Maguinho, Alemão, Wesley Matos e Gastón Filgueira. PH, Geovane, Alan Mineiro, Fagner e Alípio; Wallyson.
Técnico: Hemerson Maria
 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos