Inter joga em nova chance de subir antes e para abafar turbulência

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

    William Pottker será centroavante do Inter na ausência de Leandro Damião, lesionado

    William Pottker será centroavante do Inter na ausência de Leandro Damião, lesionado

Barueri, 20h30 (Brasília) do dia 14 de novembro de 2017. Essa é a nova chamada para o Internacional conseguir o acesso matemático de forma antecipada na Série B do Brasileirão. Líder por um longo período e franco favorito ao título, o Colorado enfrenta o Oeste para aplacar o cenário conturbado das últimas semanas e evitar o fato histórico de não ter consegui retornar antes do término do campeonato.

Pode parecer pouco, mas não é. Mais forte financeiramente e melhor estruturado que os adversários da segundona, o Inter sempre teve como meta subir antes. A queda brutal de rendimento nas últimas semanas fez o plano ruir. E custou até o emprego de Guto Ferreira.

Agora, é quase tudo ou nada. Um empate com o Oeste já serve para a vaga na elite ser confirmada matematicamente. Mas se o Internacional perder vai precisar de pelo menos dois pontos e de resultados paralelos para subir no final de semana.

Isso tudo porque o Oeste é adversário direto. Quinto colocado, com 57 pontos, o time de Roberto Cavalo tem chances de ficar com uma das quatro vagas. Se perder, o Inter não poderá garantir acesso matemático no jogo seguinte. No sábado, o Colorado enfrenta o Goiás em Goiânia.

O acesso do Internacional, atualmente, é virtual. A pontuação acumulada depois de 35 rodadas (com Antonio Carlos Zago e depois Guto Ferreira) historicamente garante vaga na primeira divisão. Mas no contexto de 2017 ainda não.

"Temos que virar a chave de tudo o que ocorreu no grupo. Temos que conquistar logo o acesso. Estamos entusiasmados para buscar o resultado e ter tranquilidade nos últimos dois jogos", comentou Camilo, uma das novidades no time para o jogo no interior de São Paulo.

O acesso matemático já podia ter sido confirmado antes. Com apenas uma vitória nos últimos seis jogos, o Inter desperdiçou todas as chances. No último sábado, cedeu empate ao Vila Nova-GO e viu a torcida protestar do lado de fora do Beira-Rio. Quase simultaneamente, decidiu demitir Guto Ferreira e promover o auxiliar técnico Odair Hellmann por três rodadas.

O desempenho fraco do time, atuações individuais abaixo do esperado e a queda de Guto transformaram o que era para ser um ambiente tranquilo em quadro turbulento. A diretoria voltou a ser criticada, o grupo de jogadores passou a ser contestado outra vez e no meio do caminho até a corrida pelo título ficou na poeira.

"O futebol brasileiro tem destas situações. Acatamos a decisão da diretoria... Essas trocas repentinas ocorrem no país. Somos cascudos, já passamos por isso antes. Aqui no Brasil tudo precisa ser superado rápido também", disse Camilo.

FICHA TÉCNICA
OESTE X INTERNACIONAL

Data e hora: 14/11/2017 (terça-feira), às 20h30 (Brasília)
Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Árbitro: Péricles Bassols
Auxiliares: João Luiz Coelho de Albuquerque e Marcelino Castro de Nazaré

OESTE: Rodolfo; Daniel Borges, Joilson, Leandro Amaro e Willian Cordeiro; Wilson Matias, Betinho (Lídio) e Mazinho; Raphael Luz, Robert e Gabriel Vasconcelos
Técnico: Roberto Cavalo

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes, Cláudio Winck, Thales, Léo Ortiz e Uendel; Rodrigo Dourado, Edenilson, Felipe Gutiérrez, Camilo e Eduardo Sasha; William Pottker
Técnico: Odair Hellmann (técnico interino)

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos