Tcheco compara Coritiba ao Paraná e vê grupo "mais leve" após vitória

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/YouTube TV Coxa

    Tcheco dirigiu o time contra o Atlético-GO: agora é com Eduardo Baptista

    Tcheco dirigiu o time contra o Atlético-GO: agora é com Eduardo Baptista

O técnico-interino do Coritiba, Tcheco, que comandou a equipe no triunfo diante do Atlético-GO pela segunda rodada da Série B do Brasileiro, preferiu não falar da atuação do time na partida, mas sim celebrar a entrega de um time "mais leve" para Eduardo Baptista, contratado nessa semana. O ex-técnico de Palmeiras, Atlético-PR e Ponte Preta assistiu ao jogo nos camarotes do Couto Pereira.

Tcheco falou da importância da vitória por 1 a 0. "Dentro de casa, precisando dos três pontos, sendo que a outra partida é em casa.... a gente precisava disso para que o nosso treinador que já chegou pudesse trabalhar tranquilo nos próximos 10 dias. Pra mim é o de menos nesse momento. O mais importante é a vitória e num contexto, estou satisfeito", declarou, projetando o jogo contra o Criciúma, também no Couto, no dia 27 de abril.

Participante do departamento de futebol do Paraná Clube no acesso para a Série A em 2017, Tcheco comparou a missão dos clubes. "Eu tenho certeza que ele (Eduardo Baptista) vai encontrar um grupo muito mais leve agora. A camisa do Coritiba tem um peso, principalmente a responsabilidade de voltar para a Série A. Eu costumo dizer para eles que no ano passado, quando eu estava no Paraná, tinha pouco essa perspectiva do Paraná subir, pela montagem de uma equipe nova, pela desconfiança que o Paraná sempre teve. O Coritiba, pelo contexto de vir da primeira divisão, pela folha salarial, pelo financeiro, tem essa obrigação, é uma responsabilidade maior. Os jogadores estão entendendo isso e tenho certeza que pouco a pouco vai encaixar o time."

UOL Cursos Online

Todos os cursos