Fortaleza quer Alecsandro, do Coritiba, mas esbarra em acerto salarial

Marcello de Vico e Napoleão de Almeida

Do UOL, em São Paulo

  • Cleber Yamaguchi/AGIF

    Alecsandro pelo Coxa em 2017: Fortaleza quer o jogador

    Alecsandro pelo Coxa em 2017: Fortaleza quer o jogador

Fora dos planos do Coritiba para a sequência da Série B do Brasileirão, o atacante Alecsandro está na pauta do Fortaleza que, no entanto, não conseguiu acerto com o jogador por conta dos salários que ele recebe no Coxa. Os clubes devem retomar a negociação nessa semana. Aos 37 anos e com passagens por Palmeiras, Vasco e Flamengo, Alecsandro apareceu na mira do Leão após a lesão de Gustavo, o "Gustagol", artilheiro do time na Série B com seis gols. Ele ficará de fora dos gramados por cerca de dois meses.

"Nós tivemos uma conversa com o Alecsandro, mas deu uma esfriada. Eu conversei com ele, liguei pra ele, falei com ele, ele só fez dois ou três jogos pelo Coritiba. Aí passamos pra fase de negociação e não chegamos a um acerto", contou Daniel de Paula, diretor de futebol do Fortaleza. Anteriormente, o time cearense já havia cogitado a contratação do jogador, mas o Coritiba ainda tinha planos para ele.

Após ter algumas chances com o técnico Eduardo Baptista, Alecsandro acabou saindo dos planos do clube. Ele sequer foi relacionado para o jogo desta segunda-feira (09) em Campinas, contra o Guarani. Com rendimentos acima da média do elenco do Coxa, Alecsandro entrou na lista de reformulação do clube, que pretende enxugar a folha e trazer novas peças com o orçamento remodelado.

Segundo apurou o UOL Esporte, o Coritiba se dispõe a negociar com o Fortaleza, que por sua vez já havia esbarrado na composição salarial do jogador, após conversa com o empresário, Oldegard Filho. A reportagem também procurou Oldegard, que disse que para ele, "o que importa é Alecsandro jogar".

UOL Cursos Online

Todos os cursos