Coritiba decide manter Tcheco como técnico após chegada do gerente Pelaipe

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Comunicação CFC

O técnico do Coritiba até o final da Série B será Tcheco, de acordo com comunicado da assessoria do clube no fim da tarde desta quarta-feira (29). Oficializado pelo presidente Samir Namur após a demissão de Eduardo Baptista, quando saiu também o gerente de futebol Augusto Oliveira, Tcheco teve a posição colocada em xeque após a chegada de Paulo Pelaipe para a gestão do futebol. Mas após reunião entre as partes, Pelaipe confirmou a sequência de Tcheco no comando do time.

"Quanto a manutenção do Tcheco como treinador, fizemos todas as avaliações e nós juntamente com a diretoria entendemos que é a melhor opção para esse momento", declarou Pelaipe ao site oficial do clube, "O Tcheco já conhece o grupo. Temos essa semana um pouco mais trabalhar e na sequência será viagem e jogos seguidos. Nada melhor que uma pessoa que já fez um ótimo trabalho junto com o Matheus (Costa) ano passado (citando a dupla que trabalhou, em papéis invertidos, no acesso do Paraná Clube). Aqui ainda tem outro grande profissional que é o (Márcio) Goiano, como auxiliar, para ajudar o Coritiba a voltar ao lugar que ele merece."

Tcheco foi atleta de Paulo Pelaipe no Grêmio e dirigiu o Coxa em quatro partidas desde que foi efetivado. Tem uma vitória, um empate e duas derrotas no período. Décimo colocado na Série B, o Coxa tem 33 pontos, quatro a menos que o Atlético-GO, primeira equipe no grupo de acesso para a Série A, que tem um jogo a menos.

UOL Cursos Online

Todos os cursos