UOL Esporte Brasileirão - Série C
 
30/08/2009 - 18h35

América-MG e ASA-AL garantem vaga e fazem a final da Série C

Do UOL Esporte
Em São Paulo
Em jogos de muita emoção, América-MG e ASA-AL se classificaram para a final e agora disputarão o título da Série C. O time mineiro superou o Guaratinguetá por 2 a 1 no tempo regulamentar, em Belo Horizonte, mas só conseguiu a vaga nos pênaltis. Já os alagoanos venceram o Icasa por 3 a 2, de virada.

As finais estão previstas para os dias 13 e 20 de setembro e foi comemorada pelos classificados. "Atacante tem que marcar quando precisa. O grupo está chegando e agora vamos ser campeões", comemorou, Bruno Mineiro, do América.

No duelo em Belo Horizonte, o América começou o jogo com sorte. Aos 7 minutos, Samuel fez contra abrindo o marcador para os mandantes. Como no jogo de ida o Guaratinguetá havia vencido por 2 a 1, em seus domínios, o resultado dava a vaga ao time mineiro pelo critério de desempate com gols marcados fora de casa.

Mas Laécio estragou a festa da torcida presente no Independência e deixou tudo igual aos 22 minutos do primeiro tempo. Aos 34 minutos, Moisés recebeu após jogada individual e não desperdiçou levando a decisão para os pênaltis.

Nas cobranças, Irênio, Zé Eduardo, Fábio Bala, Wellington Paulo e Zé Rodolfo converteram para o América enquanto Júnior, Renato Santiago, Jackson, Rocha e Diego Dedoné fizeram para o Guará.

Nas cobranças alternadas, Bruno Mineiro e Moisés, do América, e Rafael Silva, do Guará, também não desperdiçaram. Mas Diego Araújo falhou e decretou a eliminação de seu time.

Quem também não teve vida fácil para chegar à final foi o ASA. Depois de empatar com o Icasa-CE por 1 a 1 no primeiro jogo, a equipe alagoana carimbou o passaporte ao vencer, de virada, por 3 a 2, em Juazeiro do Norte com o estádio lotado.

A partida foi bastante movimentada. Marcos Vinicius abriu o placar aos 13 minutos do primeiro tempo. Aos 36, Leandro empatou de cabeça, resultado que levaria a decisão para os pênaltis. Nos minutos finais do primeiro tempo, Diego novamente deixou o Icasa em vantagem.

Mas na etapa final, o time de Alagoas mudou sua postura em campo e, mais agressivo, logo teve resultado. Aos 6 minutos, Didira novamente deixou tudo igual. Dois minutos depois, Rodriguinho conseguiu a virada e decretou a classificação.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host