UOL Esporte Campeonato Catarinense
 
18/02/2010 - 23h42

Avaí faz 2 a 0 no Hermann Aichinger e vai à final do turno no Catarinense

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Com o melhor ataque do Catarinense, o Avaí não teve dificultades em bater nesta quinta-feira, em casa, o Hermann Aichinger por 2 a 0 e carimbar vaga na final do primeiro turno da competição, contra o Joiville, no próximo domingo, às 19h, na casa do adversário. Emerson, de cabeça, e Leonardo, de pênalti, marcaram para a equipe avaiana que busca o bicampeonato catarinense, algo que não conquista desde 1945.

Segundo colocado no primeiro turno do Campeonato Catarinense, atrás apenas do Joinville, o Avaí tinha contra o Hermann Aichinger a vantagem de não apenas atuar em Florianópolis, perante a sua torcida, como também o direito de jogar por um empate para se classificar à final do turno no estadual.

Apesar de o Avaí jogar pelo empate o Hermann Aichinger precisar da vitória, o que se viu no primeiro tempo na Ressacada foi exatamente a situação inversa. Enquanto a equipe da casa se arriscava ao ataque, criava as melhores oportunidades, e, quando sem a bola, pressionava já a partir do meio campo , os visitantes se limitavam a marcar forte na defesa e tentar sair no contra-ataque.

Controlando a bola no ataque a maior parte do tempo, o Avaí não demorou para chegar ao gol, com o zagueiro Emerson completando de cabeça cruzamento do lateral Patric. Durante a semana, o defensor do Avaí, que completava 99 partidas com a camisa avaiana, havia dito que sonhava em completar a marca centenária na final do turno e marcando gol.

O resultado parecia suficiente para as duas equipes. Enquanto a equipe de Ibirama se mantinha na defesa durante todo o primeiro tempo, o Avaí, que perdeu Vandinho com lesão muscular, chegava pelas laterais, mas não criava chances reais de gol. No único lance de perigo, já aos 44min, Patric cobrou falta com curva e Paulo Sérgio fez boa defesa.

Na volta do intervalo, o Atlético até passou a atuar mais ofensivamente, mas era o Avaí que jogava melhor e criava chances, principalmente com Davi e Patric. Quando a equipe visitante finalmente conseguiu equilibrar a partida, com a entrada do atacante Lenílson, Kléber Goiano derrubou Uendel na área. Na cobrança, Leonardo bateu no mesmo canto esquerdo que pulou o goleiro Paulo Sérgio, mas colocou a bola no fundo do gol, ampliando a vantagem do Avaí.

Mesmo com o Hermann Aichinger precisando vencer, o Avaí seguiu com o domínio do jogo, controlando a partida e chegando ao ataque quando queria e, nos minutos finais, praticamente só esperou o relógio correr até o apito final.

 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host