UOL Esporte Campeonato Catarinense
 
21/02/2010 - 19h01

Joinville empata aos 49min do segundo tempo e fatura primeiro turno do Catarinense

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O Joinville deu neste domingo um grande passo para conquistar o título catarinense, título que não conquista desde 2001. Neste domingo, perante sua torcida, o JEC buscou o empate em 1 a 1 aos 49min do segundo tempo, quando o Avaí jogava melhor, e faturou o título do primeiro turno do Catarinense, garantindo vaga na final do torneio.

A equipe de Joinville agora espera o campeão do segundo turno para conhecer o seu adversário na finalíssima do Catarinense. Se for novamente campeão de turno, o JEC encara o time com a segunda melhor campanha por índice técnico.

Com a melhor campanha do primeiro turno, quando venceu seis de seus noves jogos, o Joinville tinha não apenas o apoio de sua torcida, que pintava de vermelho, preto e branco as arquibancadas da Arena Joinville, mas também o direito de jogar pelo empate. Já o Avaí, segundo colocado no turno, tinha como fator favorável o resultado do primeiro encontro entre as duas equipes no Catarinense: na sétima rodada, em casa, o Avaí fez fáceis 5 a 1 no JEC.

Para repetir o resultado, a equipe do técnico Péricles Chamusca entrou em campo na Arena Joinville com três homens de frente. Enquanto Robinho, ex-atacante do Santos, onde era chamado de Róbson, jogava aberto pela ponta direita, Davi se lançava à outra lateral do campo e deixava Leonardo como homem de referência do ataque avaiano.

O Joinville encontrava dificuldades com o esquema ofensivo do Avaí e, nos primeiros minutos de jogo, Robinho deitava e rolava sobre a zaga do JEC, mas demorava para transformar os bons lances em chances de gol. Com isso, a primeira grande defesa da partida foi do goleiro Zé Carlos, do Avaí, que salvou chute de Lima aos 15min. Depois, Leonardo desperdiçou passe açucarado de Robinho. Aos poucos, o Joinville equilibrou a partida e passou a controlar o meio campo, pecando nas finalizações.

Na volta do segundo tempo, mesmo jogando pelo empate, era o Joinville quem dominava as ações ofensivas, chegando principalmente com Lima e Cris. Subindo quase que exclusivamente no contra-ataque, foi o Avaí que abriu o placar, aos 14min, com o lateral Patric fazendo boa jogada pela direita e mandando um petardo, sem chances de defesa.

Vendo a situação invertida e precisando da vitória para ficar com o título do turno perante sua torcida, o Joinville partiu afoito para o ataque. Na pressão, abriu mais espaços para o Avaí aproveitar a velocidade de Robinho e levar perigo ao gol de Fabiano. Nos dez últimos minutos, o Avaí criou em contra-golpes pelo menos cinco boas chances de gol, mas Leonardo não estava em dia inspirado.

Depois que Leonardo perdeu chance clara aos 48min, a torcida já comemorava, na espera do apito final, prometido pelo árbitro José Acácio da Rocha para os 48min, o Joinville tentou um último ataque e Ricardinho mostrou oportunismo para empatar para o Joinville, causando muita revolta dos avaianos, que partiram para cima do juiz reclamando do tempo extra.

Agora o Avaí volta suas atenções à Copa do Brasil, pela qual enfrenta o Ypiranga-RS na próxima quarta-feira em Erechim no jogo de ida da primeira fase da competição.

Após o título do Joinville, o segundo turno do Catarinense começa no próximo sábado com o Figueirense buscando a recuperação no torneio contra o Imbituba, fora de casa. No domingo, 28, Joinville e Criciúma fazem o clássico da rodada em Criciúma e o Avaí visita o Brusque.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host