UOL Esporte Campeonato Catarinense
 
25/04/2010 - 17h59

Avaí vence Joinville na Arena e amplia vantagem na busca pelo bi

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Mesmo com seis desfalques, Chamusca acertou a equipe e voltou de Joinville com vitória

    Mesmo com seis desfalques, Chamusca acertou a equipe e voltou de Joinville com vitória

O Avaí deu um grande passo para a conquista do bicampeonato Catarinense ao conquistar neste domingo uma vitória por 3 a 1, fora de casa, sobre o Joinville no primeiro jogo da decisão do estadual. Com melhor campanha nos dois turnos, a equipe de Florianópolis pode perder por até dois de diferença no jogo de volta, na Ressacada, no domingo que vem.

Campeão do primeiro turno exatamente sobre o Avaí, o Joinville vinha de uma longa invencibilidade em casa e sofreu neste domingo a sua primeira derrota em casa neste Campeonato Catarinense. Agora terá que quebrar um longo tabu em Florianópolis. A equipe avaiana não perde em casa desde setembro do ano passado, quando caiu frente ao Internacional de Porto Alegre no Brasileirão. E só um gol de diferença não adianta.

No jogo de volta, o Avaí, que teve seis desfalques neste domingo, não terá Robson, que recebeu o terceiro amarelo e a consequente suspensão automática.

O jogo

Com o campo encharcado graças a mais uma forte chuva que assola Santa Catarina, Avaí e Joinville entraram em campo na Arena desfalcados. A equipe de Florianópolis, que vinha de três decisões: duas contra o Grêmio pela Copa do Brasil e a semifinal do Catarinense contra o Figueirense, perdeu seis titulares: Rafael, Zé Carlos, Batista, Marcinho Guerreiro, Sávio, Vandinho e Leonardo. Já o JEC entrou em campo sem Rafael Tesser, um dos seus principais nomes.

Com problemas principalmente no ataque, Péricles Chamusca escalou a equipe, no campo pesado, com dois atacantes e apenas um meia. Davi e Roberto fizeram a dupla de frente e Robson armava a equipe. Apesar dos desfalques, o Avaí foi melhor nos primeiros minutos, tocando bem a bola, mesmo com o campo molhado.

Na medida em que a chuva aumentava em Joinville, o jogo foi ficando mais pesado. A bola começou a parar nas poças d’água e os jogadores perdiam o equilíbrio facilmente. Ainda assim, o Avaí seguiu criando mais chances e abriu o placar aos 23min com o Davi. O atacante recebeu cruzamento preciso de Patric pela direita e mandou para as redes.

Dois minutos depois, Robson deu ótimo passe para Patric, mas o lateral perdeu bola na cara do gol. Depois, quem desperdiçou chance clara foi Roberto, que poderia ter ampliado, mas chutou para fora lance embaixo na pequena área.

Mal começou o segundo tempo e o Avaí já ampliou. Logo aos 2min, em mais um cruzamento na área, Rudnei subiu mais alto que a zaga e fez o segundo da equipe de Florianópolis.

Em desvantagem, o Joinville, até então invicto na Arena no Campeonato Catarinense, cresceu e passou a dominar o jogo. Chamusca se viu obrigado a mexer no Avaí, tirando Robinho e lançando Caio. Não foi suficiente e, aos 18min, dois minutos depois da substituição, Ricardinho bateu falta na entrada da área no canto direito de Renan e descontou.

Em busca da vitória, Mauro Ovelha mexeu no Joinville. Miro Bahia entrou no lugar de Paulinho Dias e Lima, machucado, saiu para a entrada de Charles. Mas foi César Prates, que entrara no intervalo na vaga de Chiquinho, que fez a diferença. Negativamente. O JEC vinha bem, havia colocado uma bola na trave de Renan e estava muito perto de empatar quando, aos 37min, o ex-lateral da seleção derrubou Uendel na área. Roberto bateu e ampliou para o Avaí. A equipe da casa ainda tentou descontar, mas não conseguiu.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host