Chapecoense joga final para "manter" título das vítimas do acidente

Daniel Fasolin

Colaboração para o UOL, em Chapecó (SC)

  • Diego Padgurschi /Folhapress

A final do Campeonato Catarinense neste domingo (30) tem mais significado do que um simples título. Contra o Avaí, o time de Chapecó terá a chance de "manter" o triunfo conquistado em 2016 pelos jogadores que morreram meses depois no acidente em Medellín, na Colômbia.

Para o presidente da Chapecoense, o título catarinense viria para "consolidar" o trabalho iniciado em 2010.

"Chegar a esta final é fruto de um trabalho que vem sendo realizado dede 2010 e é a continuação do que a diretoria liderada pelo Sando Pallaoro (ex-presidente e vítima do acidente) fez muito bem no passado. Nós tivemos um momento terrível na nossa história no ano passado e é por isso que nós vamos em busca deste título, para homenagear os que se foram e também consolidar um trabalho que vem sendo feito por todos. Para o que não acreditam, a Chapecoense é, sim, uma grande família e faz futebol de maneira diferente".

Mesmo tendo que remontar o elenco, a Chapecoense terminou a fase de classificação com o maior número de pontos e vitórias. Para o técnico Vagner Mancini, o resultado se deve ao comprometimento dos que foram contratados.

"Realmente não esperávamos esse rendimento em tão pouco tempo. Montar uma equipe nunca é fácil, fazer as peças encaixar de maneira correta e não só dentro de campo. Nós tivemos o cuidado para trazer os profissionais e atletas que se encaixavam no estilo da Chapecoense, de muito trabalho, muita luta e sem vaidades. Tivemos momentos de oscilação e soubemos dosar também a carga emocional dos atletas e isso também foi fundamental".

"Apesar de termos todos esses bons números, nós sabemos que não conquistamos nada ainda e precisamos lutar por esse título tão importante para o clube. Quando cheguei aqui disse que tínhamos que também olhar para frente e continuar a bonita história da Chapecoense, ganhando títulos e fazendo o torcedor feliz. E isso nós queremos fazer a partir das finais com o Avaí".

A primeira partida entre Avaí e Chapecoense está marcada para este domingo (30), às 16h (de Brasília), no estádio Ressacada. A volta acontecerá no dia 7 de maio, na Arena Condá.

UOL Cursos Online

Todos os cursos