! Espanha dá show e goleia Nova Zelândia pela Copa das Confederações - 14/06/2009 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte Futebol
 
14/06/2009 - 17h23

Espanha dá show e goleia Nova Zelândia pela Copa das Confederações

Após uma abertura de Copa das Confederações sem emoção entre África do Sul e Iraque, a Espanha provou porque é considerada por muitos a melhor seleção do mundo e favorita para conquistar a competição em território sul-africano. Em ritmo de treino, deu show diante da Nova Zelândia. Com quatro gols em apenas 25 minutos de partida, goleou a frágil rival por 5 a 0, em Rustenburgo, e já se isolou na liderança do grupo A. Destaque para Fernando Torres, que fez três gols --Fabregas e David Villa completaram.

Gianluigi Guercia/AFP
Fernando Torres bate com categoria para abrir o placar contra a Nova Zelândia
ÁFRICA DO SUL TROPEÇA NA ESTREIA
BRASIL TREINA PARA PEGAR O EGITO
CLASSIFICAÇÃO DO GRUPO A
A Espanha atingiu a expressiva marca de 33 partidas de invencibilidade e se aproximou do recorde da seleção brasileira, que ficou 35 jogos sem perder entre 1993 e 1996. Para se igualar, basta não perder seus próximos dois compromissos --Iraque, seu próximo adversário (na quarta-feira, dia 17 de junho) e África do Sul.

A estreia da atual primeira colocada no ranking da Fifa era encarada com expectativa. Não bastasse sua incrível invencibilidade, a seleção espanhola conquistou no ano passado a Eurocopa. Na ocasião, arrancou muitos elogios. Hoje, mostrou que isso não era por acaso. Seu início foi alucinante. Não deixou o time da Nova Zelândia "respirar". Essa postura resultou em quatro gols num curto espaço de tempo.

A goleada teve início com Fernando Torres. Logo aos 6min, o atacante do Liverpool recebeu na entrada da área e tocou com classe no canto esquerdo de Glen Moss. Oito minutos mais tarde, um inspirado Torres aproveitou cruzamento da esquerda fez outro tento. E o seu terceiro gol no duelo não demorou a sair. Aos 17min, ele subiu mais alto que a defesa neozelandesa e desviou para a rede.

O começo espanhol assustou, e muito, a seleção da Nova Zelândia, que errava muitos passes e não conseguia anular as principais peças do rival europeu. A expressão fechada do técnico Ricki Herbert dava uma noção de sua preocupação. Já a equipe de Vicente Del Bosque soube aproveitar perfeitamente essa deficiência do adversário e voltou a marcar. Aos 25min, Capdevilla, completamente livre dentro da área, rolou para Fabregas fazer 4 a 0.

Após isso, a Espanha diminuiu sua intensidade. Mas isso não significou uma melhora do elenco neozelandês. Sequer deu um chute certo com perigo ao gol defendido por Casillas. Para piorar, seu sistema defensivo falhava. Aos 2min do segundo tempo, Torres cruzou da direita e, graças a uma "furada" de Boyens, David Villa completou a goleada.

Enquanto os líderes do grupo A pegam o Iraque, na próxima quarta-feira, em Bloemfontein, a Nova Zelândia tentará sua reabilitação diante da anfitriã África do Sul, no mesmo dia, em Rustenburgo.

NOVA ZELÂNDIA 0 X 5 ESPANHA

Nova Zelândia
Glen Moss; Mulligan, Lockhead, Brown e Vicelich; Boyens, Elliott, Bertos e Brockie (Christie); Smeltz (Chris James) e Killen (Bright).
Técnico: Ricki Herbert

Espanha
Casillas; Sergio Ramos (Arbeloa), Albiol, Puyol e Capdevilla; Xabi Alonso, Xavi (Cazorla), Riera e Fabregas; David Villa e Fernando Torres (David Silva).
Técnico: Vicente Del Bosque

Local:Royal Bafokeng Stadium, em Rustenburgo (África do Sul)
Data: 14/06/2009 (domingo)
Horário: 15h30 (de Brasília)
Árbitro: Coffi Codja (BEN)
Assistentes: Komi Konyoh (TOG) e Alexis Fassinou (BEN)
Gols: Fernando Torres, aos 6min, 14min e 17min, Fabregas, aos 25min do primeiro tempo; David Villa, aos 2min do segundo tempo.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host