! Após infernizar zaga brasileira, Zidan diz que Egito merecia um ponto - 15/06/2009 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte Futebol
 
15/06/2009 - 14h08

Após infernizar zaga brasileira, Zidan diz que Egito merecia um ponto

Autor de dois dos três gols do Egito na derrota por 4 a 3 diante da seleção brasileira na estreia da Copa das Confederações, o atacante egípcio Mohamed Zidan saiu de campo dizendo que o seu time merecia ganhar um ponto, mas respeitou demais o adversário pentacampeão mundial.

"Era uma partida muito importante para nós, respeitamos demais o outro lado no primeiro tempo, e dois erros nos custaram o segundo e o terceiro gol", declarou o destaque da seleção egípcia, eleito pelo conselho técnico da Fifa o melhor em campo no jogo contra o Brasil em Bloemfontein.

"Mas, no segundo tempo, atacamos em conjunto, e o técnico nos encorajou dizendo que o futebol africano é capaz de competir com as grandes seleções", completou Zidan, que ganhou a vaga no ataque do Egito após a lesão de Arm Zaki.

O atacante exaltou o poder de reação do time egípcio, que se recuperou de um placar desfavorável em 3 a 1 e conseguiu empatar o jogo antes que Kaká fizesse, de pênalti, o gol da vitória brasileira aos 45 minutos do segundo tempo.

"Mostramos que não iríamos entregar a partida tão facilmente. Merecíamos um ponto, mas infelizmente teve aquele pênalti no final do jogo", avaliou Zidan, que, pelo nome, foi relacionado ao francês Zinedine Zidane por jornalistas na África do Sul.

"Estou muito feliz de ter um nome parecido com o dele, que é o melhor jogador do mundo. Aprendi com o seu jogo, mas, no momento, tenho que fazer minha carreira, esperando ser tão bom quanto ele um dia", declarou Zidan.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host