! "Estourada", seleção pode descansar titulares contra os EUA - 16/06/2009 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte Futebol
 
16/06/2009 - 16h39

"Estourada", seleção pode descansar titulares contra os EUA

A seleção brasileira elegeu seu principal obstáculo na série de jogos que começou com a rodada dupla nas eliminatórias e agora parte para a segunda partida da Copa das Confederações. O aspecto físico virou vilão de um grupo assumidamente esgotado depois da temporada europeia e deve se sobrepor a conceitos técnicos e táticos na escalação para a partida contra os EUA nesta quinta-feira (11h, de Brasília), em Pretoria.

TITULARES PODEM TER DESCANSO
EFE/Antonio Lacerda
Membros da seleção manifestaram que o descanso de titulates pode ser inevitável
Antonio Scorza/AFP
Entre as reclamações do 'pacote cansaço', a comissão enumera seis viagens de avião
VEJA FOTOS DO TREINO DA SELEÇÃO
FIFA REJEITA RECLAMAÇÃO DO EGITO
LUIS AINDA PENSA NA ARTILHARIA
TIME TEM LADO DIREITO MELHOR
TITULARES FAZEM TREINO LEVE
Após a complicada vitória sobre o Egito na partida de estreia na África do Sul, na última segunda-feira, o técnico Dunga admitiu que poderia pautar a escolha de seus 11 titulares depois de conversar sobre o estado físico de cada um de suas peças. Vários atletas ainda reclamaram de estafa acima da média.

Nesta terça, membros da seleção, como o jogador Juan e figuras da seção médica, manifestaram que o descanso de titulares pode ser inevitável.

"Isso ainda vai ser conversado, com o doutor (José Luiz Runco, médico da seleção), o próprio Dunga. Todo jogador que sentir a perna mais pesada, tem a liberdade de comunicar a comissão técnica e pode não jogar. Temos um grupo forte, com 23 jogadores em totais condições de jogo. Quem tiver melhor, o Dunga poder escalar", disse o titular da zaga brasileira.

O médico responsável pela seleção na Copa das Confederações admitiu que o descanso de titulares fazia parte do planejamento da comissão técnico desde a etapa de treinos de Teresópolis, antes dos jogos contra Uruguai e Paraguai pelas eliminatórias sul-americanas. Na África do Sul, o momento de fazer alguns dos jogadores mais desgastados pararem parece estar próximo.

"Dos atletas que nós estamos em contacto, Juan e Maicon, que vieram de lesões, pode precisar de uma parada, por questão de manutenção de ritmo de jogo. Mas, se acharem que existe um certo limite, com esses e em outros casos, podemos decidir isso", afirmou Runco.

Do grupo que deve ser poupado no segundo jogo do grupo B da Copa das Confederações, a saída de Juan da zaga desponta como a alteração mais provável.

SELEÇÃO VENCE JOGO-TREINO
Os reservas do Brasil fizeram um jogo-treino de 45 minutos contra um combinado juvenil local no Super Stadium de Pretória, enquanto os titulares da vitória por 4-3 contra o Egito se dedicavam a atividades de recuperação.

Os reservas venceram por 2 a 0, com gols de Nilmar e Júlio Baptista.

O time formou com Victor; Maicon, Luisão, Miranda e André Santos; Josué, Kléberson, Ramires e Júlio Baptista; Alexandre Pato e Nilmar. O goleiro brasileiro Gomes jogou com os juvenis africanos.
"Era previsto que eu não jogasse algum jogo. Estava tanto tempo parado, dois meses. Já sabia que possivelmente não poderia estar em todos os jogos, porque atuei nos dois das eliminatórias e na estreia. O Dunga me deu liberdade de não enfrentar o Egito, mas eu não queria ficar fora logo na estreia", afirmou o zagueiro da Roma.

Nesta terça, os reservas da seleção realizaram um treino contra uma equipe sub-19 da África do Sul. Na quarta, Dunga comandará o único treino antes do compromisso diante dos norte-americanos, no local da partida, o estádio Loftus Versfeld. Essa prática, combinada com a conversa particular com os atletas, deve nortear a escalação para quinta.

"Temos conversado sobre isso, mas vamos aguardar a recuperação dos atletas e em cima disso e tomar decisões quanto qualquer mudança", declarou Jorginho, auxiliar-técnico de Dunga na seleção.

Entre as reclamações do 'pacote cansaço' na seleção, a comissão técnica enumera seis viagens de avião para realização de três jogos, dificuldades de metabolismo diante de mudança de fuso horário e a queda na curva física dos jogadores após o final da temporada de clubes da Europa, onde a maioria do elenco atua.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host