! Concentrados há 17 dias, jogadores pedem folga e distância da imprensa - 18/06/2009 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte Futebol
 
18/06/2009 - 18h01

Concentrados há 17 dias, jogadores pedem folga e distância da imprensa

Os jogadores da seleção brasileira cansaram do "confinamento". Em regime de concentração há 17 dias, eles pediram folga à comissão técnica nesta sexta-feira. Querem sair do hotel em que estão hospedados para relaxar e passear. E para aproveitar bem as horas livres, os atletas fizeram até um apelo público: não querem ser seguidos por câmeras e repórteres.

EFE/Antonio Lacerda
Concentrados desde 1º de junho, atletas pediram uma folga ao treinador Dunga (e)
RESERVAS FAZEM TREINO PUXADO
KAKÁ ENFRENTA "AMIGOS" DA ITÁLIA
JUAN E ELANO QUEREM VOLTAR
MAIS DA COPA DAS CONFEDERAÇÕES
Tudo indica que o pedido feito pelo elenco foi atendido por Dunga. Nesta sexta-feira, o grupo todo trabalhará na parte da manhã, diferente do que ocorre geralmente após as partidas. Os titulares da vitória por 3 a 0 sobre os Estados Unidos treinarão em uma academia. Os demais têm atividade no Super Stadium.

A tarde será livre para os jogadores, segundo a programação oficial da equipe. Após a atividade da manhã, o próximo compromisso está agendado apenas para as 19h30, quando alguns atletas concederão entrevistas no hotel que recebe o time na região de Pretoria.

A seleção está concentrada desde o dia 1º de junho, quando se apresentou no período da noite no aeroporto internacional do Rio de Janeiro. Desde então, foram realizadas viagens para Montevidéu, Recife e três cidades da África do Sul: Johanesburgo, Bloemfontein e Pretoria.

Nesse intervalo, o Brasil disputou quatro partidas. Pelas eliminatórias para a Copa do Mundo, superou Uruguai (4 a 0) e Paraguai (2 a 1). Nesta semana, já pela Copa das Confederações, venceu Egito por 4 a 3, em Bloemfontein, e Estados Unidos por 3 a 0, em Pretoria.

Durante o período de concentração, a comissão técnica fez alguns esforços para ajudar na descontração dos jogadores. Na última terça-feira, o auxiliar Jorginho disse que atividades extras são feitas com certa frequência tanto para relaxar os jogadores, como para unir ainda mais o grupo.

"O ambiente está muito bom, mas a gente sabe que sempre é possível melhorar. Então procuramos facilitar isso. O Américo [Faria, supervisor da seleção] às vezes faz bingos no hotel para reunir todo mundo e criar um momento de confraternização, o que alegra o ambiente", comentou Jorginho.

O próximo compromisso da seleção será neste domingo, diante da Itália, novamente no estádio Loftus Versfeld, em Pretoria. O último treino da equipe antes desse jogo deve ser realizado na própria arena, como acontece geralmente nas vésperas das partidas.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host