! Fifa proíbe TV de 4º árbitro para evitar suspeita de interferência - 18/06/2009 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte Futebol
 
18/06/2009 - 10h44

Fifa proíbe TV de 4º árbitro para evitar suspeita de interferência

A polêmica marcação do pênalti a favor do Brasil diante do Egito, na última segunda-feira, já resultou em uma mudança prática na Copa das Confederações. Segundo o presidente da Fifa, Joseph Blatter, o quarto árbitro não terá mais uma televisão a seu lado durante as partidas. A medida visa diminuir a suspeita de interferência eletrônica nas decisões da arbitragem.

"A partir de agora não vai mais haver uma televisão junto ao quarto árbitro para que ninguém diga que foi ele quem informou o árbitro principal. Vamos eliminar essa televisão", determinou o dirigente.

Na vitória por 4 a 3 dos brasileiros na estreia da Copa das Confederações, o árbitro inglês Howard Webb demorou a marcar o pênalti cometido por Al Muhamadi após toque na bola com o braço. Segundo a última versão oficial da Fifa, o auxiliar posicionado do outro lado do campo o alertou sobre a irregularidade.

"Essa situação poderia ter criado problemas, mas o relatório final do jogo deixou claro que não houve interferência de vídeo. Continuo com a opinião de que não devemos usar esse recurso eletrônico no campo", reforçou Blatter.

No entanto, ainda sem auxílio da tecnologia, a Fifa sinaliza com a possibilidade de fazer algumas mudanças para diminuir a chance de erros em jogadas capitais. Um teste será feito em breve: a entidade pretende aumentar a atenção nas jogadas capitais perto dos gols.

"Queremos ver melhor o que se passa na grande área e sobre a linha do gol. Depois de um ano com esse novo sistema vamos ver os resultados. Mas não usaremos vídeos", completou Blatter.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host