! Seleção brasileira denuncia furto em hotel na África do Sul - 21/06/2009 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte Futebol
 
21/06/2009 - 18h31

Seleção brasileira denuncia furto em hotel na África do Sul

Após registro de incidente no hotel que hospeda a delegação do Egito, a seleção brasileira também denunciou ter sido vítima de furto na África do Sul, país onde disputa a Copa das Confederações.

BRASIL FAZ "FREGUESIA DO ANO"
Em sua melhor apresentação na Copa das Confederações até o momento, o Brasil derrotou a Itália por 3 a 0, com dois gols de Luís Fabiano e outro contra, e selou a classificação para as semifinais do torneio, em que terá a anfitriã África do Sul, do técnico brasileiro Joel Santana, como adversária. De quebra, o triunfo nacional deste domingo no estádio Loftus Versfeld, em Pretoria, tira da disputa os atuais campeões mundiais.
VEJA O RELATO COMPLETO DO JOGO
CONFIRA MAIS IMAGENS DA PARTIDA
PÁGINA DA COMPETIÇÃO AFRICANA
LEIA MAIS NOTÍCIAS DA SELEÇÃO
Segundo a CBF (Confederação Brasileira de Futebol), os quartos do lateral-esquerdo Kléber e do fisioterapeuta Odir Carmo foram invadidos. Ambos deram falta de dinheiro. Um casaco do membro da comissão técnica também desapareceu.

O suposto furto teria acontecido na última sexta-feira, quando membros da delegação brasileira deixaram o hotel para visitar um safari da região.

A CBF informa que o hotel Centurion Lake, nos arredores da cidade de Pretoria, investiga o desaparecimento dos pertences.

Neste domingo, após a vitória sobre a Itália na última partida da primeira fase, o técnico Dunga foi questionado sobre o que está achando da organização sul-africana e revelou o incidente.

"Tivemos só um problema, que o Egito também teve. Teve roubo no hotel, infelizmente", disse o treinador da seleção na entrevista após o triunfo por 3 a 0 sobre os italianos no estádio Loftus Versfeld.

Durante a semana, a delegação egípcia também denunciou ter sido vítima de furto no hotel em Johanesburgo. Cinco quartos de jogadores teriam sido invadidos. Nas últimas horas, a imprensa sul-africana noticiou versão do caso com envolvimento de prostitutas, mas a investigação ainda não foi concluída.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host