! Seleção esconde batedores de pênaltis na véspera da decisão - 27/06/2009 - UOL Esporte - Futebol
UOL Esporte Futebol
 
27/06/2009 - 13h52

Seleção esconde batedores de pênaltis na véspera da decisão

O mistério de treino de véspera de finais se alastrou para a prática de cobranças de pênaltis. Neste sábado, um dia antes da decisão da Copa das Confederações contra os Estados Unidos, Dunga proibiu qualquer registro sobre aproveitamento e cobradores em sessão realizada no Orlando Stadium, em Johanesburgo.

Ricardo Nogueira/Folha Imagem
Luís Fabiano pode ser um dos batedores, mas Dunga manteve mistério sobre pênaltis
EUA QUEREM 'DESRESPEITAR' BRASIL
VEJA AS IMAGENS DA SELEÇÃO
DUNGA NÃO SE VÊ COMO O MELHOR
MAIS NOTÍCIAS DA COMPETIÇÃO
Depois do tradicional 'rachão' de véspera de jogo, o treinador da seleção comandou cobranças de pênalti e pediu que a prática não fosse registrada por cinegrafistas de TV e fotógrafos. Nem mesmo os jornalistas foram liberados para acompanhar todos os disparos efetuados.

Logo em seguida, o treinador comunicou os jornalistas via assessoria de imprensa que não queria que os nomes dos jogadores que treinaram pênaltis e seus respectivos aproveitamentos fossem divulgados.

Antes da prática misteriosa de pênaltis, que decidem o torneio em caso de empate em tempo normal e prorrogação, a seleção brasileira fez apenas um treino leve, sem conotação tática.

Mesmo sem dar pistas táticas na última prática antes da decisão, Dunga deve mandar a campo a mesma equipe que começou o duelo da semifinal contra a África do Sul, na última quinta-feira. Assim, o time deve ter: Júlio César; Maicon, Lúcio, Luisão e André Santos; Gilberto Silva, Felipe Melo, Ramires e Kaká; Robinho e Luís Fabiano.

A partida entre Brasil e EUA que decide a Copa das Confederações acontece neste domingo às 15h30 (horário de Brasília), no estádio Ellis Park, na cidade de Johanesburgo.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host