Topo

Esporte


Dunga compila vídeos e monta dossiê de rival do Acre na Copa do Brasil

Treinador fará estreia em âmbito nacional no próximo dia 4, em Rio Branco, no Acre - Alexandre Lops/AI Inter
Treinador fará estreia em âmbito nacional no próximo dia 4, em Rio Branco, no Acre Imagem: Alexandre Lops/AI Inter

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

29/03/2013 17h21

O estilo meticuloso de Dunga veio bem a calhar para o Internacional nas últimas semanas. Sob comando do técnico, o clube gaúcho compilou vídeos e buscou relatos sobre o Rio Branco, time do Acre e adversário na primeira fase da Copa do Brasil. O dossiê do rival será exposto para os jogadores a partir de segunda-feira, às vésperas do jogo de ida.

A pesquisa por informações do Rio Branco foi capitaneada pelos auxiliares Andrey Lopes e Mauricio Dulac. Vídeo de gols, melhores momentos, comparação entre elencos das últimas temporadas e escalações recentes. Tudo foi levantado e repassado para Dunga.

“É um time que tem suas características. Tem jogadores há uns dois ou três anos no clube. É sempre uma partida especial. Os clubes se preparam para este jogo e a Copa do Brasil sempre tem surpresas”, disse Dunga.

O Internacional não teve time encaminhado no último treinamento antes do jogo contra o Esportivo, válido pela quinta rodada da Taça Farroupilha. Dunga preferiu não forçar o elenco e os jogadores realizaram apenas um rachão. Diego Forlán, contudo, não saiu do vestiário e deve ser desfalque em virtude de uma pancada no tornozelo. LEIA
O Internacional é o time de melhor campanha no Campeonato Gaúcho, campeão da Taça Piratini e que não perde desde 6 de fevereiro. Mas os números do Colorado apresentam uma oscilação expressiva quando a escalação deixa de ser com força máxima e se torna mista. O aproveitamento cai vertiginosamente e escancara as deficiências do elenco dirigido por Dunga. LEIA
O volante Willians enfim voltou a treinar com bola no Internacional. Recuperado de um rompimento parcial de ligamento no joelho, ele foi a novidade nos treinamentos pós-jogo com o São José-RS. Considerado titular do time ideal, o atleta só deve ser utilizado por Dunga na próxima semana. LEIA

A viagem para o Acre mobilizou o Inter há tempos. O departamento de logística teve dificuldades para encontrar um hotel na cidade de Rio Branco, mas por fim reservou seus quartos no Inacio Palace Hotel, no centro da capital do Acre.

O deslocamento até o palco da partida vai demorar quase 10 horas. Com escala em Brasília. A grande meta do Inter é vencer o Rio Branco por dois ou mais gols de diferença e eliminar a partida de volta, no Rio Grande do Sul.

“Precisamos respeitar todo adversário e lembrar que só se ganha dentro de campo. Temos que ter concentração e noção do jogo”, finalizou Dunga.

Mais Esporte