Vasco vence o Remo na Copa do Brasil e chega ao 20º jogo invicto

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Carlos Gregório Júnior / Site oficial do Vasco

    Thalles comemora o seu gol. O da vitória do Vasco por 1 a 0 sobre o Remo

    Thalles comemora o seu gol. O da vitória do Vasco por 1 a 0 sobre o Remo

Assim como já havia acontecido em outras partidas, o Vasco voltou a jogar mal, mas venceu o Remo por 1 a 0 com gol de Thalles, no estádio Mangueirão, em Belém (PA), pelo duelo de ida da primeira fase da Copa do Brasil, e chegou à 20ª partida de invencibilidade.

Neste domingo, a equipe tem pela frente o clássico com o Fluminense, na Arena Amazônia, em Manaus, onde estará em jogo o título da Taça Guanabara. O time de Jorginho está a três jogos de ser campeão carioca invicto, feito que não ocorre desde 1992.

O jogo de volta entre Vasco e Remo acontecerá dia 24 de abril, em São Januário, no Rio de Janeiro. O vencedor do confronto enfrentará o CRB, de Alagoas, na segunda fase da Copa do Brasil.


REMO 0 X 1 VASCO
Local:
Mangueirão, em Belém (PA)
Data e hora: 13 de abril de 2016, às 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Rodolfo Toski Marques (PR)
Auxiliares: Marcos Santos Vieira (AM) e Uesclei Regison Pereira (AM)
Renda e público:
Cartões amarelos: Eduardo Ramos, Lucas Garcia, Max (REM); Madson, Riascos, Evander (VAS)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Thalles, aos 40 minutos do segundo tempo (VAS)

Remo
Fernando Henrique; Levy (Alisson), Henrique, Max e Ítalo (Igor Julião); Lucas Garcia, Chicão, Yuri e Eduardo Ramos; Ciro (Silvio) e Luiz Carlos
Técnico: Marcelo Veiga

Vasco
Martín Silva, Madson, Luan, Rafael Vaz e Henrique (Evander); Marcelo Mattos, Yago Pikachu (Eder Luis), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos (Thalles)
Técnico: Jorginho
 

Fases do jogo

  • Primeiro tempoA partida teve início com o Vasco tomando as rédeas. Aos poucos, porém, o Remo passou a gostar do jogo empurrado por sua torcida, que não parava de cantar um minuto sequer. Com os desfalques de Rodrigo e Julio Cesar pelo lado esquerdo, e a entrada de Yago Pikachu na vaga de Julio dos Santos, o Cruzmaltino sentiu dificuldades e demonstrou mudanças táticas. Perto do fim da etapa inicial, porém, Rafael Vaz perdeu uma boa oportunidade após chute cruzado de Luan, quando pegou um rebote, concluiu, a bola bateu na zaga adversária e saiu.
  • Segundo tempoNa etapa final, o Vasco continuou atuando mal e, num momento raro da temporada, demonstrou cansaço. O Remo, por sua vez, embora não se intimidasse com o adversário, esbarrava na limitação técnica para chegar ao gol. Ex-goleiro do Fluminense, Fernando Henrique fez uma grande defesa, cara a cara com Jorge Henrique, onde esbanjou reflexo. No fim, Thalles, que havia entrado no lugar de Riascos, demonstrou seu faro de gol e, após belo cruzamento de Henrique da esquerda, cabeceou para o fundo do gol, dando a vitória ao Vasco.

Destaques

  • Em casaNatural de Belém, o polivalente Yago Pikachu se sentiu, literalmente, em casa no Mangueirão. O jogador foi ídolo do Paysandu, rival do Remo, e voltou pela primeira vez à cidade depois de se transferir para o Cruzmaltino.
  • Ex-tricoloresO Remo atuou com dois ex-atletas do Fluminense. O goleiro Fernando Henrique e o atacante Ciro.

Melhores notas

  • Remo
  • Vasco
Avaliação
dos usuários
do Placar UOL
2
7,5
Fernando Henrique
1
10,0
Thalles
 
5
6,7
Eduardo Ramos
2
8,4
Martin Silva

Repercussão

  • Thalles sobre a disputa da vaga com Riascos"A disputa está boa, mas quem puder fazer gol e ajudar o Vasco, isso que vai importar".

Próximos Jogos - Remo

  1. Moto Club-MA MCL
    Remo REM
  2. Remo REM
    Sampaio Correa-MA SAC
  3. Salgueiro SAG
    Remo REM

Próximos Jogos - Vasco

  1. Fluminense FLU
    Vasco VAS
  2. Vasco VAS
    Grêmio GRE
  3. Corinthians COR
    Vasco VAS
  4. Sport SPT
    Vasco VAS

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos