Em semana mais decisiva do ano, Cruzeiro dobra atenção para evitar surpresa

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Pedro Vilela/Light Press/Cruzeiro

    Favorito na semifinal mineira, clube foi surpreendido na partida de ida para o América

    Favorito na semifinal mineira, clube foi surpreendido na partida de ida para o América

Com tarefas parecidas no meio e final de semana, os próximos dias serão decisivos para o futuro do Cruzeiro neste primeiro semestre de 2016. Nesta quarta-feira, o clube mineiro faz sua estreia na Copa do Brasil contra a sensação do Nordeste. Apesar de ser o primeiro jogo, o objetivo é vencer por dois gols de diferença e eliminar o Campinense já na partida de ida para folgar na semana que vem. Já no domingo, o desafio vale a sobrevivência no estadual. O time volta ao campo de jogo para receber o América-MG e buscar outro triunfo, novamente por dois gols, a fim de evitar ficar de fora de mais uma decisão mineira pelo segundo ano consecutivo. O alerta está ligado na Toca.

"O Campinense tem jogadores de qualidade e é uma equipe que vem se destacando. Vamos com total precaução para fazer um bom jogo para buscar o resultado e decidir dentro de casa. Eles fizeram frente contra o Sport e conseguiu se superar. A gente vai com todas as atenções, precavido, vendo alguns vídeos, para que possamos ir bem lá", comentou o zagueiro Léo, se referindo à classificação do Campinense para a final da Copa do Nordeste, após superar o Sport.

No último final de semana, mesmo jogando no Independência, o Cruzeiro entrou como favorito na primeira semifinal do Mineiro, contra o América. Mas apesar da liderança na primeira fase, a vantagem celeste caiu por terra e os comandados de Deivid se complicaram com uma derrota por 2 a 0. Por isso, todo cuidado é pouco para não ser surpreendido novamente, desta vez para o atual campeão paraibano.

"Hoje camisa não ganha jogo. Se não correr, se não der a vida, não ganha dos times menores. Acho que será um grande jogo. O Campinense não tinha perdido até há pouco tempo (dentro de casa). Uma equipe que vive um momento muito bom. Tenho certeza que Deivid estudou o time deles. Vamos em busca de um bom resultado", falou o atacante Alisson.

Apesar das boas campanhas no estadual e Copa do Nordeste, a escalação da Campinense ainda é um mistério. Isso porque o clube fará o clássico contra o rival Treze no final de semana, o que aumenta as chances do técnico Francisco Diá lançar um time misto. O goleiro Gledson, o zagueiro Negretti, o meia Roger Gaúcho e o atacante Rodrigão são os pilares do time, com destaque especial para este último, que já marcou 16 gols no ano e é o artilheiro do ano até o momento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos