Vasco vence, avança na Copa do Brasil e chega a 23 jogos de invencibilidade

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Site oficial do Vasco

    Riascos parte para a cima da marcação na partida Vasco x Remo em São Januário

    Riascos parte para a cima da marcação na partida Vasco x Remo em São Januário

Atuando com um time misto, o Vasco venceu o Remo por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, em São Januário, e avançou para a segunda fase da Copa do Brasil, quando enfrentará o CRB, de Alagoas. Com o resultado, o Cruzmaltino chegou aos 23 jogos de invencibilidade.

A série invicta do Vasco já soma seis meses sem derrota. A última aconteceu dia 1º de novembro do ano passado, quando perdeu por 1 a 0 para o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro.

Neste domingo, às 16h, no Maracanã, os vascaínos têm pela frente o primeiro jogo da final do Campeonato Carioca contra o Botafogo. No fim de semana seguinte, o Cruzmaltino decide o título com o rival Alvinegro em novo duelo.

VASCO 2 X 1 REMO
Local:
São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 27 de abril, às 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Leandro Matos Feitosa (SP) e Fabricio Porifirio de Moura (SP)
Renda e público: R$65.945,00 / 2.234 presentes, 2.254 pagantes
Cartões amarelos: Diguinho
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Caio Monteiro, aos 19 minutos do segundo tempo (VAS); Rafael Vaz, aos 24 minutos do segundo tempo (VAS); Max, aos 29 minutos do segundo tempo (REM)

Vasco
Martín Silva, Yago Pikachu, Rafael Vaz, Luan e Henrique; Marcelo Mattos, Diguinho, Evander (Andrey) e Nenê; Eder Luis (Caio Monteiro) e Riascos (Thalles)
Técnico: Jorginho

Remo
Fernando Henrique; Levy, Henrique, Max e Fabiano; Lucas Garcia, Chicão (João Vitor), Alisson (Welthon) e Marco Goiano; Eduardo Ramos e Ciro
Técnico: Marcelo Veiga
 

Fases do jogo

  • Primeiro tempoO Vasco teve duas boas oportunidades de gol para abrir o placar na etapa inicial. Na primeira, após cruzamento da esquerda, o artilheiro Riascos cabeceou para boa defesa de Fernando Henrique. O ex-goleiro do Fluminense ainda voltaria a brilhar no fim do primeiro tempo, quando Yago Pikachu fez boa jogada pela direita, deu belo passe para Eder Luis que, sozinho, chutou em cima do arqueiro.
  • Segundo tempoA etapa final se tornou muito mais atraente e movimentada. O jovem Caio Monteiro entrou no lugar de Eder Luis e deu uma nova cara ao Cruzmaltino, que passou a chegar com mais perigo. E foi pelos pés dele que os vascaínos abriram o placar, após bela jogada de outro "menino da Colina": Evander. Jogando com o regulamento debaixo do braço pelo fato de já ter vencido o primeiro jogo por 1 a 0, o Vasco passou a jogar de forma mais leve e ampliou após escanteio da esquerda que o "zagueiro-artilheiro" Rafael Vaz cabeceou para o fundo da rede. No fim, Max ainda descontou para o Remo, mas já era tarde demais.

Destaques

  • Time mistoO Vasco poupou seis jogadores considerados titulares na partida desta quarta-feira. O objetivo era descansá-los para o primeiro jogo da final do Campeonato Carioca neste domingo.
  • DebutouO jovem Caio Monteiro, de apenas 19 anos, marcou seu primeiro gol como profissional do Vasco.Ele entrou no segundo tempo no lugar de Eder Luis.

Repercussão

  • Fala, camisa 10!"A equipe está de parabéns. Conseguimos o nosso objetivo, que era a vitória e a classificação. Agora é partir com tudo para a final", disse Nenê à Rádio Bradesco Esportes.

Próximos Jogos - Vasco

  1. Fluminense FLU
    Vasco VAS
  2. Vasco VAS
    Grêmio GRE
  3. Corinthians COR
    Vasco VAS
  4. Sport SPT
    Vasco VAS

Próximos Jogos - Remo

  1. Moto Club-MA MCL
    Remo REM
  2. Remo REM
    Sampaio Correa-MA SAC
  3. Salgueiro SAG
    Remo REM

UOL Cursos Online

Todos os cursos