Vasco vence, avança na Copa do Brasil e chega a 23 jogos de invencibilidade

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Site oficial do Vasco

    Riascos parte para a cima da marcação na partida Vasco x Remo em São Januário

    Riascos parte para a cima da marcação na partida Vasco x Remo em São Januário

Atuando com um time misto, o Vasco venceu o Remo por 2 a 1, na noite desta quarta-feira, em São Januário, e avançou para a segunda fase da Copa do Brasil, quando enfrentará o CRB, de Alagoas. Com o resultado, o Cruzmaltino chegou aos 23 jogos de invencibilidade.

A série invicta do Vasco já soma seis meses sem derrota. A última aconteceu dia 1º de novembro do ano passado, quando perdeu por 1 a 0 para o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro.

Neste domingo, às 16h, no Maracanã, os vascaínos têm pela frente o primeiro jogo da final do Campeonato Carioca contra o Botafogo. No fim de semana seguinte, o Cruzmaltino decide o título com o rival Alvinegro em novo duelo.

VASCO 2 X 1 REMO
Local:
São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 27 de abril, às 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Leandro Matos Feitosa (SP) e Fabricio Porifirio de Moura (SP)
Renda e público: R$65.945,00 / 2.234 presentes, 2.254 pagantes
Cartões amarelos: Diguinho
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Caio Monteiro, aos 19 minutos do segundo tempo (VAS); Rafael Vaz, aos 24 minutos do segundo tempo (VAS); Max, aos 29 minutos do segundo tempo (REM)

Vasco
Martín Silva, Yago Pikachu, Rafael Vaz, Luan e Henrique; Marcelo Mattos, Diguinho, Evander (Andrey) e Nenê; Eder Luis (Caio Monteiro) e Riascos (Thalles)
Técnico: Jorginho

Remo
Fernando Henrique; Levy, Henrique, Max e Fabiano; Lucas Garcia, Chicão (João Vitor), Alisson (Welthon) e Marco Goiano; Eduardo Ramos e Ciro
Técnico: Marcelo Veiga
 

Fases do jogo

  • Primeiro tempoO Vasco teve duas boas oportunidades de gol para abrir o placar na etapa inicial. Na primeira, após cruzamento da esquerda, o artilheiro Riascos cabeceou para boa defesa de Fernando Henrique. O ex-goleiro do Fluminense ainda voltaria a brilhar no fim do primeiro tempo, quando Yago Pikachu fez boa jogada pela direita, deu belo passe para Eder Luis que, sozinho, chutou em cima do arqueiro.
  • Segundo tempoA etapa final se tornou muito mais atraente e movimentada. O jovem Caio Monteiro entrou no lugar de Eder Luis e deu uma nova cara ao Cruzmaltino, que passou a chegar com mais perigo. E foi pelos pés dele que os vascaínos abriram o placar, após bela jogada de outro "menino da Colina": Evander. Jogando com o regulamento debaixo do braço pelo fato de já ter vencido o primeiro jogo por 1 a 0, o Vasco passou a jogar de forma mais leve e ampliou após escanteio da esquerda que o "zagueiro-artilheiro" Rafael Vaz cabeceou para o fundo da rede. No fim, Max ainda descontou para o Remo, mas já era tarde demais.

Destaques

  • Time mistoO Vasco poupou seis jogadores considerados titulares na partida desta quarta-feira. O objetivo era descansá-los para o primeiro jogo da final do Campeonato Carioca neste domingo.
  • DebutouO jovem Caio Monteiro, de apenas 19 anos, marcou seu primeiro gol como profissional do Vasco.Ele entrou no segundo tempo no lugar de Eder Luis.

Repercussão

  • Fala, camisa 10!"A equipe está de parabéns. Conseguimos o nosso objetivo, que era a vitória e a classificação. Agora é partir com tudo para a final", disse Nenê à Rádio Bradesco Esportes.

Próximos Jogos - Vasco

  1. Vasco VAS
    Nova Iguaçu NIG
  2. Cabofriense CAB
    Vasco VAS
  3. Flamengo FLA
    Vasco VAS
  4. Universidad de Concepción UCO
    Vasco VAS
  5. Vasco VAS
    Volta Redonda VRE

Próximo Jogo - Remo

  1. Atlético Itapemirim CAI
    Remo REM

UOL Cursos Online

Todos os cursos