Interino do Cruzeiro assume culpa por lesão de novo reforço

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Meia Robinho treina com o elenco do Cruzeiro na Toca da Raposa

    Meia Robinho treina com o elenco do Cruzeiro na Toca da Raposa

Contratado há duas semanas, Robinho não pôde estrear pelo Cruzeiro na quinta-feira passada (5), diante do Campinense, pela Copa do Brasil. E o jogador já está fora do compromisso com o Londrina, nesta terça-feira (10), pelo mesmo torneio. Ele sofreu um edema na coxa direita e o técnico interino Geraldo Delamore se responsabiliza pelo problema clínico.

Ele concedeu entrevista coletiva na Toca da Raposa II e disse que a carga de treinos adotada é o que motivou a contusão do jogador. O meia-atacante, embora tenha contrato registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ainda não está apto para estrear devido à contusão.

Questionado sobre as contusões recentes do elenco – Robinho, Arrascaeta e Rafael Silva –, Geraldo Delamore se pronunciou:

"Eu penso que a gente não pode colocar jogador de futebol em redoma. Está ali para exercer a profissão. A situação do Robinho (edema na coxa direita) é de responsabilidade minha. Acelerei o processo dele. Já Rafael Silva (lombalgia) e De Arrascaeta (concussão cerebral) são situações que não temos como controlar", afirmou.

"Mas não podemos deixar de valorizar os profissionais do clube, pois temos jogadores com condições de realizar bom trabalho. Se a equipe estivesse azeitada, rodando bem, seria um pouco mais fácil. Mas as adversidades não são especificamente do Cruzeiro, pois outros times estão passando por isso ao disputarem duas competições simultâneas. Faz parte do futebol", acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos