Vasco vence CRB sob pancadas, mas não elimina jogo de volta na Copa BR

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Carlos Gregório Júnior / Site oficial do Vasco

    Zagueiro Rodrigo comemora seu gol contra o CRB em Maceió (AL)

    Zagueiro Rodrigo comemora seu gol contra o CRB em Maceió (AL)

Foram 22 faltas sofridas, sendo que 10 somente em Nenê. Mas apesar da violência praticada pelo CRB, o Vasco venceu por 1 a 0 nesta quarta-feira, com gol do zagueiro Rodrigo, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), em resultado que foi insuficiente para eliminar o jogo de volta na segunda fase da Copa do Brasil.

Os carrinhos e as faltas por trás dos jogadores alagoanos foram acompanhados de reclamações do técnico Jorginho quase a todo o momento. Nenê, o mais caçado em campo, deixou o primeiro tempo reclamando:

"A gente consegue fazer a jogada, driblar, e eles estão parando com falta. Felizmente, aquela foi um pouco mais perto e o Rodrigo fez o gol. Tem que ter a leitura certa do jogo".

No total, foram distribuídos nove cartões amarelos, sendo cinco ao CRB e quatro ao Vasco, embora os cariocas tivessem cometido menos da metade das faltas do adversário.

Os times voltam a se enfrentar na quarta-feira da semana que vem em São Januário. O vencedor encara o Santa Cruz na próxima fase. Antes, porém, o Cruzmaltino pega o Sampaio Corrêa, em São Luís (MA), pela estreia na Série B do Campeonato Brasileiro.
 

CRB 0 x 1 VASCO
Local
: Rei Pele, Maceió (AL)
Data e hora: 11 de maio de 2016, às 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Cleisson Veloso Pereira (MG)
Auxiliares: Felipe Souza Leal (MG) e Magno Arantes Lima (MG)
Renda e público:
Cartões amarelos: Neto Baiano, Olívio, Gérson Magrão, Jussani, Matheus Galdezani (CRB); Jomar, Jorge Henrique, Riascos, Jordi (VAS)
Cartões vermelhos: Não houve
Gols: Rodrigo, aos 42 minutos do primeiro tempo (VAS)

CRB
Juliano, Bocão, Audálio, Jussani e Diego; Olívio, Rivaldo (Rodolpho), Gerson Magrão e Dakson (Matheus Galdezani); Luidy e Neto Baiano (Lúcio Maranhão)
Técnico: Mazola Júnior

Vasco
Jordi, Madson, Jomar, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Yago Pikachu), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique (Eder Luis) e Riascos (Thalles)
Técnico: Jorginho

Fases do jogo

  • Primeiro tempoA etapa inicial foi interrompida logo no início por conta da queda de luz. Após meia hora de parada, Vasco e CRB tiveram boas oportunidades assim que retornaram e, em seguida, os alagoanos passaram a apelar para a violência. Mais de 15 faltas foram cometidas e o árbitro não coibiu como deveria. No fim, Rodrigo cobrou uma das infrações com violência da intermediária e abriu o placar. E o Cruzmaltino ainda poderia ir para o intervalo com 2 a 0, já que na jogada seguinte, Jorge Henrique fez bela jogada, escorou para Andrezinho, que emendou de primeira e o goleiro Juliano fez bela defesa.
  • Segundo tempoNa etapa final, o CRB partiu para cima e criou muitas oportunidades. Brilhou a estrela do goleiro Jordi, que fez duas defesas à queima-roupa. O técnico Jorginho tentou dar mais mobilidade ao Vasco com as entradas de Pikachu e Thalles no lugar de Julio dos Santos e Riascos, mas o time pouco mudou.

Destaques

  • Substituto à alturaSem Martín Silva, que ainda se recupera de dores musculares, o Vasco teve sua meta muito bem representada pelo jovem Jordi, que fez ao menos três belas defesas.
  • Fez as pazesO último gol de Rodrigo havia sido em setembro do ano passado, contra o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro.

Melhores notas

  • CRB
  • Vasco
Avaliação
dos usuários
do Placar UOL
2
10,0
Juliano
5
10,0
Andrezinho
 
1
10,0
Rodolfo
3
10,0
Mádson

Repercussão

Próximos Jogos - CRB

  1. Santa Cruz-PE STA
    CRB CRB
  2. CRB CRB
    Oeste OES
  3. Brasil de Pelotas BRA
    CRB CRB
  4. CRB CRB
    Criciúma CRI
  5. Vila Nova-GO VNO
    CRB CRB

Próximos Jogos - Vasco

  1. Fluminense FLU
    Vasco VAS
  2. Vasco VAS
    Grêmio GRE
  3. Corinthians COR
    Vasco VAS
  4. Sport SPT
    Vasco VAS

UOL Cursos Online

Todos os cursos