Atordoado por doença de Muricy, Fla tenta evitar 3ª eliminação em 56 dias

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    Muricy Ramalho preocupa o Flamengo em dia de jogo decisivo pela Copa do Brasil

    Muricy Ramalho preocupa o Flamengo em dia de jogo decisivo pela Copa do Brasil

O problema de saúde do técnico Muricy Ramalho abalou o Flamengo na véspera do duelo decisivo contra o Fortaleza, nesta quarta-feira (18), pela segunda fase da Copa do Brasil. Às 21h45 (de Brasília), o Rubro-negro pisa o gramado do estádio Raulino de Oliveira sem o comandante, internado em um hospital do Rio de Janeiro por conta de uma fibrilação atrial, espécie de arritmia cardíaca.

Eduardo Bandeira de Mello, presidente do clube, declarou pela manhã que o treinador teve evolução no quadro clínico e deve ter alta médica antes do fim do dia. Ele deve acompanhar a partida do Flamengo de sua residência.

Desfalcado de Muricy, o time tem a responsabilidade de evitar a terceira eliminação em 56 dias. O Rubro-negro caiu nas semifinais da Primeira Liga, em 23 de março, e do Campeonato Carioca, dia 24 de abril. Se for eliminado da Copa do Brasil, o Flamengo terá apenas o Campeonato Brasileiro pela frente.

Como foi derrotado por 2 a 1 na partida de ida, os cariocas precisam vencer por 1 a 0 para avançar. Se o Fortaleza fizer um gol, o Flamengo precisa triunfar por dois de diferença. Repetição do placar do primeiro jogo leva a decisão para os pênaltis.

Muricy passou mal por volta de meio-dia da última terça-feira (17). Ele foi atendido pelos médicos do clube e encaminhado ao hospital Samaritano. Inicialmente, uma intervenção cirúrgica foi descartada, mas os resultados dos exames só serão divulgados no decorrer do dia.

O Flamengo deve ter Jayme de Almeida ou Tata no comando. A notícia do problema de saúde de Muricy causou impacto no elenco e todos os jogadores demonstraram preocupação com o treinador. Alguns se abalaram um pouco mais, porém pretendem dedicar a classificação ao técnico.

"É o nosso comandante. A relação é muito boa. Todo o elenco lamentou muito o que aconteceu. O Flamengo busca união e o Muricy é a nossa cabeça. Ele tem o nosso apoio. Todos estão 'doídos' com isso, mas o futebol é dinâmico. Hoje rezamos pelo Muricy, mas amanhã [quarta-feira] é o jogo mais importante para o Flamengo. Temos que passar de fase", afirmou o meia Federico Mancuello.

A preocupação com Muricy Ramalho é enorme. Integrantes da diretoria e o médico Márcio Tannure nem sequer viajaram para Volta Redonda. Eles ficaram no Rio de Janeiro para acompanhar o técnico e prestar o auxílio necessário.

FLAMENGO X FORTALEZA

Data: 18/05/2016, às 21h45 (horário de Brasília)
Local: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Árbitro: Diego Almeida Real (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

Flamengo
Paulo Victor; Rodinei, Léo Duarte, Juan e Jorge; Cuéllar, Willian Arão e Mancuello; Everton, Emerson Sheik e Guerrero
Técnico: Jayme de Almeida

Fortaleza
Ricardo Berna; Felipe, Lima, Edimar e Willian Simões; Corrêa, Dudu Cearense, Pio e Everton; Juninho e Anselmo
Técnico: Marquinhos Santos

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos