Como o novo xodó de Paulo Bento adotou nome de Ramires

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press

    Bruno Ramires, volante do Cruzeiro

    Bruno Ramires, volante do Cruzeiro

Quando Ramires deixou o Cruzeiro para acertar com o Benfica, de Portugal, em 2009, o jovem Bruno Edgar, com 15 anos à época, já estava nas categorias de base do clube mineiro. Até então, o nome de batismo era o utilizado para chamá-lo.

As bem-sucedidas passagens de Ramires pelo Chelsea e pela seleção brasileira fizeram com que fosse percebida a semelhança entre o garoto das divisões inferiores do Cruzeiro e o meio-campista que defende o Jiangsu Suning, da China. E a similaridade se transformou em apelido: Bruno Ramires.

AFP PHOTO / JOSEP LAGO
Ramires defendeu as cores do Chelsea e, hoje, está no futebol chinês

Quem se lembra bem do surgimento da alcunha é Raul Plassmann, membro da comissão técnica fixa do Cruzeiro. Coordenador da categoria de base do clube à época, ele conta o caso.

"É normal que os garotos da base apelidem uns aos outros com nomes de jogadores bem-sucedidos, que estão na seleção brasileira. Quando o Bruno estava na Toquinha (como a Toca da Raposa I é conhecida), os demais jogadores viam o Ramires, que fez sucesso aqui (no Cruzeiro) e na seleção brasileira, e repararam as semelhanças entre eles. É por conta da semelhança física. Eles se parecem um pouco", contou aos risos ao UOL Esporte.

E nem é preciso dizer que o apelido se tornou um verdadeiro sucesso. Promovido para o elenco principal em janeiro deste ano, o volante já pediu à imprensa que utilizasse o apelido dado no período em que era apenas uma promessa.

"É Bruno Ramires. É um apelido que sempre tive na base, é um cara que me espelho e sempre me trouxe sorte", disse o atleta de 22 anos, em sua primeira entrevista coletiva como profissional do clube.

Na ocasião, o volante explicou o motivo para a adoção da alcunha e revelou que vê outras similaridades entre ele e o ex-jogador do clube mineiro.

"Ele conquistou títulos importantes, como a Champions League. Eu me espelho muito no futebol dele, um futebol moderno. E também quero chegar à Seleção. São dois volantes de muita velocidade, qualidade com a bola no pé e que marcam forte", afirmou à época.

Desde que Paulo Bento chegou à Toca da Raposa II, em maio, o jogador se tornou absoluto do Cruzeiro. Em 13 partidas sob a batuta do português, Bruno Ramires atuou em 11, sendo nove como titular.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos