Botafogo reage com gols de contestados, mas cede empate para Bragantino

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Daniel Vorley/AGIF

    Botafogo pode até avançar para as oitavas de final com um empate no Rio de Janeiro

    Botafogo pode até avançar para as oitavas de final com um empate no Rio de Janeiro

Mesmo com o time reserva, o Botafogo conseguiu um bom resultado nesta quarta-feira, em São Paulo, ao empatar por 2 a 2 com o Bragantino, em jogo válido pela 3ª rodada da Copa do Brasil. Os donos da casa abriram o placar após um erro da arbitragem, que marcou pênalti em uma falta fora da área – gol de Bruno Pacheco. Mesmo assim, os cariocas deram a volta por cima e conseguiram a virada com gols de jogadores contestados pela torcida: Dierson e Gervásio Nunes. No fim, Eliandro arrancou empate e deu números finais ao duelo.

Com o resultado, o Botafogo pode empatar por 0 a 0 ou 1 a 1 na próxima quarta-feira, na Arena Botafogo, que conseguirá a classificação para as oitavas de final da competição. Já o Bragantino, terá que vencer ou empatar marcando três gols no jogo da volta.

Arbitragem erra feio e 'inventa' pênalti para o Bragantino

Logo aos 19min do primeiro tempo, o Botafogo foi muito prejudicado pela arbitragem. Joel Carli derrubou Jefferson Baiano fora da área, mas Rafael Martins Diniz viu a infração dentro dela. Os alvinegros reclamaram demais, mas nada adiantou. Bruno Pacheco bateu com categoria e abriu o placar.

Perseguidos pelos torcedores mercam gols importante para Botafogo

Logo após levar o gol, o técnico Ricardo Gomes passou um recado para seus jogadores. Pediu calma e ambição para fazer gol como visitante, muito importante na Copa do Brasil. E isso só ocorreu por conta de jogadores que não estão nas graças dos botafoguenses. Dierson usou a cabeça e deixou tudo igual. Yacaré, no segundo tempo, fez o segundo.

Camisa 10 em baixa, Salgueiro tem nova oportunidade, mas decepciona

Contratado para ser o camisa 10 da equipe no início da temporada, Salgueiro perdeu espaço no Botafogo. Com a equipe reserva, ganhou nova oportunidade de começar a partida, mas novamente mostrou um futebol ruim. O uruguaio não consegue corresponder com a camisa do Alvinegro.

Ex-Fla, goleiro do Bragantino é perseguido por botafoguenses

Com passagem marcante pelo Flamengo, o goleiro Felipe não teve um minuto de paz nesta quarta-feira. Isso porque os torcedores do Botafogo que marcaram presença na Bragança, vaiavam o jogador a cada toque na bola. Fruto da rivalidade criada nos tempos de Rio de Janeiro

O jogo no Twitter

BRAGANTINO 2 X 2 BOTAFOGO

Data e hora: 13/07/2016, ás 19h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Braganca Paulista (SP)
Árbitro: Rafael Martins Diniz (DF)
Auxiliares: Ramires Santos Candido (ES) e Leone Carvalho Rocha (GO)
Cartões amarelo: Rodrigo Sam, Jefferson Baiano, Daniel Pereira e Alemão (BRA) Diego, Joel Carli e Dierson (BOT)
Gols: Bruno Pacheco, aos 19min, e Dierson, aos 37min do primeiro tempo; Gervásio Nunes, aos 3min, e Eliandro, aos 29min do segundo tempo;

BRAGANTINO
Felipe, Alemão, Rodrigo San, Éder Lima e Bruno Pacheco; Watson, Edson Sitta, Daniel Pereira e Tarta (Claudinho); Erick e Jefferson Baiano (Eliandro). Técnico: Marcelo Veiga

BOTAFOGO
Sidão, Diego, Joel Carli, Emerson Silva e Victor Luís; Diérson, Bruno Silva (Marcinho), Gervásio Nuñez e Gegê (Geovane Maranhão); Juan Salgueiro e Luís Henrique. Técnico: Ricardo Gomes

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos