Ricardo Oliveira marca três gols e classifica o Santos na Copa do Brasil

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

O Santos venceu o Gama por 3 a 0 nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, e se classificou para as oitavas de final da Copa do Brasil. Os três gols foram marcados pelo atacante Ricardo Oliveira, que não balançava as redes desde a final do Campeonato Paulista, diante do Audax, no dia 8 de maio.

Ricardo Oliveira abriu o placar com um golaço em chute cruzado no ângulo do goleiro Maringá, do Gama, e marcou mais dois em cobranças de pênaltis – um no primeiro tempo e outro na segunda etapa.  

Classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil, o Santos volta a focar o Campeonato Brasileiro. No próximo domingo, a equipe santista encara o Cruzeiro, às 16h (de Brasília), na Vila Belmiro, em jogo válido pela 17ª rodada da competição nacional.

Ricardo Oliveira supera dores e críticas ao quebrar jejum de gols

Ricardo Oliveira foi poupado durante os treinos no CT Rei Pelé e era dúvida para o duelo contra o Gama. No entanto, o centroavante espantou a falta de ritmo de jogo e qualquer tipo de dor muscular ao marcar três gols e quebrar um jejum de quase três meses sem balançar as redes. Vale ressaltar que o centroavante santista ficou dois meses se recuperando de uma grave lesão no joelho direito. O duelo contra o Gama foi o terceiro de Ricardo Oliveira depois da lesão. O atacante, inclusive, foi bastante criticado por desperdiçar gols nos jogos contra Ponte Preta e Vitória.

Se cuida, Ferraz! Lateral do Santos é grata surpresa no jogo

O lateral Daniel Guedes, que substituiu Victor Ferraz, poupado por causa de desgaste muscular, foi a grata surpresa do jogo. Além de não comprometer na marcação, ele se destacou bastante no campo de ataque, com belos cruzamentos, finalizações e boas armações de jogadas. Victor Ferraz que se cuide, pois ganhou uma 'sombra' no elenco santista.

Santos não sente falta de desfalques e 'mata' o Gama no 1º tempo

Mesmo com cinco desfalques importantes (Gabigol, Thiago Maia e Zeca na seleção olímpica, Lucas Lima lesionado, e Victor Ferraz, com desgaste muscular), o Santos pressionou o Gama desde o início do jogo. Somente no primeiro tempo, a equipe santista teve seis chances claras de gol, três delas com Ricardo Oliveira. Em uma das tentativas, o camisa 9 marcou um golaço ao chutar cruzado de dentro de área e acertou o ângulo esquerdo do goleiro Maringá. Ainda na primeira etapa, o centroavante marcou o segundo o gol em cobrança de pênalti. No segundo tempo, o Santos não diminuiu o ritmo e marcou mais um gol com Ricardo Oliveira, novamente de pênalti.

Retranca não funciona e Gama se despede da temporada 2016

O Gama apostou na retranca, sem sucesso, para sair classificado na Vila Belmiro. Por conta disso, o time de Brasília sofreu pressão desde o início do jogo passou o primeiro tempo sem acertar um chute no gol de Vanderlei. Eliminado, o Gama se despede da temporada 2015, pois não se classificou para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro.

Com jogo ganho, Dorival faz 'média' com lideres do elenco

Dorival Júnior já havia escalado o Santos sem cinco titulares, mas ainda deu tempo para colocar em campo os lideres do elenco – David Braz e Elano. Com o jogo ganho no segundo tempo, por 3 a 0, o treinador colocou a dupla que possui forte influencia no elenco santista.

Olimpíadas? Goleiro do Gama faz defesa com jogada de vôlei

O goleiro Maringá chamou a atenção por suas defesas estranhas durante o jogo. No primeiro tempo, ele enfrentou dificuldades para segurar a bola em duas oportunidades e concedeu escanteio ao Santos em lances sem dificuldades na área. Em seguida, ele fez uma defesa acertando uma espécie de manchete de vôlei após cabeçada de Ricardo Oliveira.

Santos 3 x 0 Gama

Data e horário: 27/07/2016, às 21h45 (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos-SP
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Auxiliares: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
 
Gols: Ricardo Oliveira aos 26 e 44 do primeiro tempo e aos 12 do segundo tempo.
 
Cartões amarelos: Copete (Santos); Maringá, Pedrão, Eduardo, David e Michel. 
 
Santos: Vanderlei, Daniel Guedes, Luiz Felipe (David Braz), Gustavo Henrique, Caju; Renato, Léo Cittadini, Vecchio (Elano), Vitor Bueno, Copete (Joel); Ricardo Oliveira.
Técnico: Dorival Júnior. 
 
Gama: Maringa, Dudu Gago (Gordo), Pedrão, Murilo, Felipe Assis, Eduardo, David, Michel Pires, Marcos Baiano, Jeferson Paulista (Ìtalo); Roberto.
Técnico: Reinaldo Gueldini.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos